Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba reúne municípios do Agreste para discutir Segurança Alimentar e Nutricional

Notícias

Paraíba reúne municípios do Agreste para discutir Segurança Alimentar e Nutricional

Segurança Alimentar e Nutricional

A cidade de Campina Grande recebeu, nos últimos dias 30 e 31 de março, a terceira Oficina Participativa de Segurança Alimentar e Nutricional.
publicado  em 04/04/2016 14h38

A capacitação reuniu aproximadamente 35 municípios do Agreste paraibano. Gestores públicos e representantes de diversos movimentos sociais do campo e entidades do terceiro setor participaram das atividades voltadas para a criação do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional da Paraíba.

O evento é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano e da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, em parceria com o Centro de Ação Cultural (Centrac), Câmara Intersecretarial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) e Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea).

O plano é elaborado pela Câmara Intersecretarial de Segurança Alimentar e Nutricional da Paraíba (Caisan) que é composta por 19 por órgãos do Governo, e pelo Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) e vai trazer ações para diferentes secretarias e para a sociedade.

São oficinas que trazem desafios como a formação do público sobre o tema, sensibilização dos gestores, sistematização do processo de consulta e análise das regiões com o objetivo de levantar propostas para a formação do Plano.

A Coordenadora Institucional do Centrac, Maria do Socorro de Oliveira, comentou que a participação de todos é fundamental para a consolidação do Plano. “É um grande desafio, mas acreditamos que com a conquista oficial desse Plano, muitas ações serão executadas. Ele pode não atender a todos os anseios de tudo que está sendo proposto, mas, que ele seja possível e real”, avaliou.

Para a agricultora Luzia Bezerra da Silva, do município de Itatuba, a oficina é importante para a comunidade. “Está sendo muito produtivo e acredito que as comunidades que têm interesse em crescer vão tirar proveito do que foi apresentado aqui”, destacou.

Já o gestor do Programa Nacional de Alimentação Escolar PNae da 3ª Região), Luiz Auriclelson, a oficina fortalece o êxito rural. “Quando o agricultor que está lá plantando começa a ter conhecimento dessas políticas, ele vai permanecer lá desenvolvendo sua terra”, enfatizou.

A secretária Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula Almeida, destacou as demandas apresentadas na Oficina pelo poder público municipal, “O poder público municipal está apresentando demandas, e ao mesmo tempo, a gente reflete sobre as ações existentes nos municípios e nas entidades da sociedade civil, então esses dois dias são espaços para proposição e diálogos para a elaboração do Plano Estadual”, avaliou.

Calendário das próximas oficinas:

  • Guarabira (Brejo) – 6 e 7 de abril
  • Sousa (Alto Sertão I) – 12 e 13 de abril
  • Pombal (Alto Sertão II) –  14 e 15 de abril
  • Mamanguape (Litoral Norte) – 27 e 28 de abril
  • João Pessoa (Litoral) – 4 e 5 de maio
  • Patos (Médio Sertão) – 12 e 13 de maio
  • Itaporanga (Alto Sertão III) – 10 e 11 de maio

Fonte:
Governo da Paraíba

registrado em: