Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Atividades lúdicas ajudam idosos a aprender conceitos de alimentação saudável

Notícias

Atividades lúdicas ajudam idosos a aprender conceitos de alimentação saudável

Programa de Aquisição de Alimentos

Prática do interior de São Paulo será apresentada na I Mostra de Experiências de Bancos de Alimentos
publicado  em 18/11/2016 18h17

Brasília – Na batalha para reduzir o desperdício de alimentos e melhorar a qualidade nutricional das refeições, os idosos são um público importante das ações de sensibilização. Pensando na qualidade de vida deste grupo, a rede nacional de banco de alimentos Mesa Brasil criou atividades lúdicas para idosos que vivem ou frequentam instituições em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. 

A experiência Ação Educativa com Idosos Institucionalizados atendidos por um programa de combate à fome e ao desperdício de alimentos do estado de São Paulo é uma das 12 iniciativas selecionadas para a I Mostra de Experiências de Bancos de Alimentos, que será realizada nos dias 23 e 24 de novembro, em Brasília. 

O projeto começou em 2014 em um dos cinco asilos atendidos pelo programa e se estendeu a todas as unidades. A estratégia baseia-se em duas ações básicas: o bingo de frutas e a montagem de um prato saudável. “Após as ações, sempre deixávamos material didático sobre o assunto, para que a instituição pudesse dar continuidade ao trabalho”, afirmou a nutricionista Denise Andreo, coordenadora do Mesa Brasil na cidade. 

Para realizar o bingo de frutas, a equipe do programa reunia idosos em uma área comum da instituição e distribuía cartelas decoradas com imagens de frutas e grãos de feijão para marcar os alimentos sorteados. Quem fechasse a cartela primeiro ganhava uma fruta de sua preferência. A brincadeira seguia até que todos fossem contemplados com o brinde. “Além de estimular o consumo de frutas, compartilhamos informações e criamos um momento lúdico, de socialização, e promovemos o treino da coordenação e da memória”, avaliou a nutricionista. 

Em outro encontro, os idosos aprendiam a montar pratos saudáveis. Eles recebiam pratos de acrílico, imagens de alimentos recortados de revistas, cola e pinceis. Diante do cardápio variado de insumos naturais e multiprocessados, deveriam montar uma combinação equilibrada. 

Após a montagem, recebiam uma explicação do time de nutricionistas a respeito de suas escolhas, faziam adequações e colavam os alimentos nos pratos, que foram doados como lembrança da atividade. “Depois de cada encontro, percebemos que não só os idosos, mas as instituições passaram a ter maior preocupação com o valor nutricional das refeições”, destacou. 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505

www.mds.gov.br/area-de-imprensa

registrado em: