Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Abril > Batalhão da Selva no Pará vai investir R$ 1,2 milhão em produtos da agricultura familiar

Notícias

Batalhão da Selva no Pará vai investir R$ 1,2 milhão em produtos da agricultura familiar

PAA

Propostas devem ser entregues até 15 de maio na unidade em Altamira
publicado  em 26/04/2019 13h27

Brasília - O 51º Batalhão de Infantaria da Selva, localizado em Altamira (PA), está com uma chamada pública aberta para a compra de mais de R$ 1,2 milhão em produtos da agricultura familiar. A lista com 125 itens tem frutas, legumes, hortaliças, carnes, entre outros produtos regionais.  As propostas devem ser entregues até 15 de maio na unidade.

Os alimentos irão abastecer todo o batalhão por um ano. A aquisição será feita por meio da modalidade Compra Institucional, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Por lei, ao menos 30% dos produtos adquiridos para alimentação nas instituições públicas federais devem vir da agricultura familiar.

A Cooperativa dos Produtores Rurais da Região de Carajás (Cooper) fica em Parauapebas (PA). Mesmo localizada a cerca de 700 km de distância, a instituição vai avaliar se consegue entregar as polpas de frutas ao Exército. Atualmente, eles fornecem a merenda escolar para quatro municípios. O presidente da cooperativa, Mauro Melo, ressalta a necessidade de abrir novos caminhos. “Para nós, representa um avanço. É muito importante ter esse novo mercado e trabalhar com o Exército, é mais uma oportunidade para o produtor rural.”

A coordenadora substituta de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Viviane Albuquerque, destaca os benefícios da compra para as duas partes envolvidas. “A compra beneficia tanto o agricultor familiar, que produz os seus alimentos e vende diretamente para o governo por um preço justo, sem depender de atravessadores; como também o consumidor final, que consome um produto mais saudável, mais fresco, diversificado e adequado ao hábito alimentar local”, explica. 

Saiba Mais
Para acompanhar as chamadas públicas abertas em todo o país, basta acessar o portal www.comprasagriculturafamiliar.gov.br.

Na modalidade Compra Institucional do PAA, cada agricultor pode vender até R$ 20 mil por ano para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões por ano, por órgão comprador.

*Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa