Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2018 > Março > Encontro reúne gestores das Caisans estaduais

Notícias

Encontro reúne gestores das Caisans estaduais

SEGURANÇA ALIMENTAR

Durante evento, foram discutidos o fortalecimento do Sisan e a preparação dos governos para o Encontro Nacional 5ª+2
publicado  em 05/03/2018 21h11

Brasília – Gestores estaduais e representantes da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), discutiram, nesta segunda-feira (5), ações para o fortalecimento do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan).

Durante o 17° Encontro das Câmaras Intersetoriais de Segurança Alimentar e Nutricional, foi debatida também como será a participação dos governos federal e estaduais no Encontro Nacional 5ª+2, que começa nesta terça-feira (6), em Brasília.

O Sisan coordena as ações públicas em segurança alimentar e nutricional. Além disso, articula a integração entre os entes federados e a sociedade civil para garantir o direito à alimentação adequada à população. Até o momento, 276 municípios, todos os Estados e o Distrito Federal já aderiram ao sistema. A adesão facilita o acesso a recursos e programas federais, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

“Fizemos uma reflexão com representantes de 22 Estados e do Distrito Federal sobre o Sisan, o que é fundamental para que possamos ter novas diretrizes e o sistema seja implementado em todos os municípios”, destacou a diretora de Estruturação e Integração dos Sistemas Públicos Agroalimentares do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Patrícia Gentil.

Para a secretária executiva da Caisan no Paraná, Valéria Nitsche, o encontro possibilitou a troca de experiências entre os gestores e o alinhamento das ações. Ela conta que mais de 110 municípios paranaenses já aderiram ao Sisan. “Estamos avançando. Vamos começar a monitorar as ações nesses municípios, além do monitoramento do segundo plano estadual de segurança alimentar e nutricional”.

Encontro 5ª+2 – Promovido pelo Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), o Encontro Nacional 5ª+2 vai reunir, até quinta-feira (8), representantes da sociedade civil e de governos estaduais, municipais, federal e do Distrito Federal. O objetivo é realizar um balanço das propostas apresentadas na 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, promovida em 2015.

Durante o evento, serão analisados os resultados do segundo Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Plansan). O documento traz um conjunto de 121 metas e 99 ações estruturadas a partir dos grandes desafios voltados aos hábitos alimentares da população brasileira.

“Temos ainda muitos desafios na agenda de segurança alimentar e nutricional. São 7,2 milhões de pessoas em insegurança alimentar grave no Brasil que ainda dependem de políticas públicas para terem acesso à alimentação. Por outro lado, o país tem indicadores de sobrepeso e obesidade muito altos, o que requer um conjunto de políticas estruturais e intersetoriais, como medidas regulatórias, de produção de alimentos mais saudáveis e de educação alimentar”, afirmou a diretora Patrícia Gentil.

Ela reforçou que o governo federal tem desenvolvido programas e ações para reduzir esses números e promover a alimentação saudável e de qualidade entre a população. “Programas como o Bolsa Família e o de Aquisição de Alimentos [PAA], entre outras ações, são prioritários para reverter o atual cenário nutricional da nossa população”.

*Por Rejane Gomes

 

Informações sobre os programas do MDS:

0800 707 2003

Informações para a imprensa:

Ascom/MDS

(61) 2030-1505

www.mds.gov.br/area-de-imprensa