Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2018 > Dezembro > Órgãos públicos federais de três Estados estão com chamadas públicas para compras da agricultura familiar

Notícias

Órgãos públicos federais de três Estados estão com chamadas públicas para compras da agricultura familiar

PAA

No Rio Grande do Sul, o Grupo Hospitalar Conceição vai investir R$ 4 milhões na aquisição de produtos
publicado  em 13/12/2018 13h24
Foto: Ana Nascimento/MDS

Unidades do Exército e da Aeronáutica nos estados de Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, além do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo e do Grupo Hospitalar Conceição, do Rio Grande do Sul, estão com chamadas públicas abertas para a aquisição de alimentos produzidos pela agricultura familiar. Ao todo, essas instituições vão investir mais de R$ 4 milhões.

Os processos de compra integram o Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA-Compra Institucional, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Serão obtidos itens como: legumes, frutas, feijão, temperos, polpas de frutas, queijos, bebidas lácteas, carnes e ovos. Tudo produzido por agricultores familiares, cooperativas e associações da agricultura familiar.

A coordenadora geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do MDS, Hetel Santos, explica como os interessados podem participar. “Essas aquisições de alimentos fomentam a economia local, fortalecem a diversidade e produção de alimentos territoriais. É muito importante, neste momento, que os empreendimentos da agricultura familiar conheçam os editais abertos. Nosso papel é de assessoria para ajudar os órgãos da União a encontrar nos estados onde estão, e no seu entorno, fornecedores que possam atender à demanda”, ressaltou.

Esperança – Na zona rural do município de Terra de Areia (RS), Charles Pereira Lima produz hortaliças, frutas, leite, legumes e carnes. A notícia de que órgãos federais estão comprando alimentos dos pequenos agricultores trouxe a ele esperança de dias melhores. Charles enviou proposta e está ansioso pelo resultado. Ele destaca que a compra institucional oferece um preço justo e garante uma renda maior para a sua família. “É importante porque conseguimos entregar os produtos diretamente, o que aumenta a renda das famílias, garante a sucessão rural e dá perspectivas aos mais jovens. As chamadas públicas eliminam os intermediários. Como há uma garantia de que o produto vai ser entregue, o agricultor já planta sabendo o preço que vai receber e a quantidade que vai entregar.”

O Grupo Hospitalar Conceição abre chamada pública pela segunda vez neste ano, por meio da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA – Compra Institucional. Serão adquiridos produtos como: carnes bovina e suína, aves e embutidos. O investimento será de mais de R$ 4 milhões. O prazo para envio das propostas vai até sexta-feira (14).

O diretor administrativo e financeiro da instituição, José Ricardo Agliardi Silveira, destaca a qualidade dos produtos entregues pelos agricultores familiares e os benefícios do processo para os hospitais. “Primeiramente, fortalecemos a questão econômica dessas famílias, responsáveis por uma produção importante aqui no Estado. E registramos também o impacto desses produtos no dia a dia do hospital. Os nutricionistas ressaltam o valor da qualidade dos produtos servidos tanto para pacientes, acompanhantes e os profissionais”, relata.

O prazo para o envio das propostas termina em diferentes datas. Para acompanhar os editais é só acessar o Portal de Compras da Agricultura Familiar. A legislação determina que, no mínimo, 30% dos alimentos adquiridos para abastecer órgãos federais venham da agricultura familiar. Cada agricultor pode vender até R$ 20 mil, anualmente, por órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o limite é de R$ 6 milhões por ano, por órgão comprador.

*Por Roberto Rodrigues

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa