Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Setembro > Oficina debate modelo de comercialização de alimentos com o apoio da comunidade

Notícias

Oficina debate modelo de comercialização de alimentos com o apoio da comunidade

Agricultura familiar

Experiência das Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA) no Distrito Federal foram apresentadas na tenda Alimentação Saudável do Congresso de Agroecologia 2017
publicado  em 13/09/2017 09h28
Foto: Rafael Zart/MDS

Brasília – Da cultura do preço para a cultura do apreço. A frase marcou o começo da oficina Aquário com os agricultores: A experiência em Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA) no Distrito Federal. A atividade foi promovida nessa terça-feira (12) na tenda Alimentação Saudável, espaço organizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e parceiros no X Congresso Brasileiro de Agroecologia, que vai até sexta-feira (15) na capital federal.

Na oficina, foi apresentado um novo modelo de comercialização dos alimentos produzidos pela agricultura familiar. Na CSA, o agricultor vende seus produtos diretamente para a comunidade sem ter que passar por intermediários. O formato conta com a participação de várias pessoas para a organização e o financiamento da produção.

Aleixo Leitão Junior, da comunidade Ponta Alta, no Gama, região a 34 quilômetros de Brasília, participou da atividade. Há três anos, ele deixou o trabalho de engenheiro civil para se dedicar à roça. Sem nenhuma experiência na agricultura, ele encontrou na CSA o apoio que precisava.

"No começo, quando eu estava só plantando, não queria participar da lógica do mercado capitalista. Foi quando apareceu a CSA. Comecei a plantar, fazer uma coisa que eu gosto e distribuir de uma forma legal, formando uma comunidade, uma economia solidária. Planto todo o tipo de hortaliça, verduras, tomates. Tudo orgânico", conta o agricultor que faz parte da CSA da Floresta.

Depois de muita dedicação, a família resolveu viver apenas com a renda da CSA. A decisão foi difícil à época. Mas hoje é motivo de comemoração. “Ganhava cinco vezes mais do que ganho atualmente. A felicidade não está na questão financeira. Almoço em casa e estou sempre com meus filhos. Minha vida é mais simples e melhor".

A empresária Daniela Ibanhez também viu na CSA uma oportunidade de mudar de vida. Ela não conhecia a experiência. Durante a oficina, contou que, até o final do ano ,quer largar o ramo de iluminação, onde trabalha há 20 anos, e viver da terra. Daniela já está procurando um terreno para começar a plantar e fazer, quem sabe, uma horta comunitária.

"Essa oficina foi estimulante. Sei que posso mudar o mundo e a minha comunidade. Com essa atitude, de viver com o que você produz, podemos contribuir para diminuir o uso de agrotóxicos. Acho que podemos abrir caminhos para que outras pessoas acreditem em uma vida mais simples."

Mais duas oficinas Aquário com os agricultores: A experiência em Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA) no Distrito Federal serão promovidas nesta quarta-feira (13), às 18h, e nesta quinta (14), às 16h30, na tenda Alimentação Saudável, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. As atividades são gratuitas e abertas ao público.

Leia Também:
Público do Congresso de Agroecologia 2017 prestigia tenda Alimentação Saudável
Oficina de hortas caseiras atrai crianças e adultos
Guia Alimentar da População Brasileira é tema de roda de conversa
Oficina Comer Pra Quê? promove discussão sobre hábitos alimentares
Painel aborda estratégias de mercado para os produtos da sociobiodiversidade
MDS cadastra cooperativas de agricultores familiares para comercializar produtos para órgãos federais
Plataforma do Idec localiza as feiras orgânicas mais próximas da sua casa
Benefícios dos temperos na alimentação infantil são tema de palestra na tenda Alimentação Saudável
Tenda Dona Flor promove rodas de conversas sobre a saúde dos povos e comunidades tradicionais
Nutricionista da Emater-DF ensina receitas de sucos funcionais durante oficina
Feira Agroecológica e da Sociobiodiversidade é oportunidade de negócios e troca de experiências
Programa Cisternas é tema de roda de conversa

Evento – A tenda Alimentação Saudável é organizada pela Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), coordenada pelo MDS. No espaço, serão promovidos painéis, oficinas, rodas de conversa em parceria com Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Saúde, Consea, Emater-DF, Slow Food Brasil, CSA Brasília, Fiocruz, UnB e Idec.

O Congresso de Agroecologia 2017 é a realização simultânea do VI Congresso Latino-americano de Agroecologia, X Congresso Brasileiro de Agroecologia e V Seminário de Agroecologia do Distrito Federal e Entorno.

Os eventos são promovidos pela Sociedade Científica Latino-americana de Agroecologia (Socla) e Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia), organizados em Brasília por uma comissão formada por representantes da Embrapa, Universidade de Brasília, Emater-DF, Secretarias de Estado do GDF (Seagri e Sedestmidh), Ibram e ISPN. Conta com o apoio de vários ministérios, organizações e movimentos sociais. O evento é patrocinado por BNDES, Itaipu Binacional e Fundação Banco do Brasil.

Tendas Alimentação Saudável e Dona Flor: Saberes e Práticas de Saúde e Cura  (12/09/2017)

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

 Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa

registrado em: