Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Setembro > Guia Alimentar da População Brasileira é tema de roda de conversa

Notícias

Guia Alimentar da População Brasileira é tema de roda de conversa

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Bate-papo na tenda Alimentação Saudável lançou um novo olhar sobre o consumo dos alimentos
publicado  em 14/09/2017 19h59
Foto: Divulgação

 Brasília – Lançar um novo olhar sobre o consumo dos alimentos e estimular hábitos saudáveis de alimentação. Os participantes da roda de conversa sobre o Guia Alimentar da População Brasileira, do Ministério da Saúde, puderam nesta quinta (14) debater sobre esse tema e dividir experiências. O encontro aconteceu na tenda Alimentação Saudável, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), no X Congresso Brasileiro de Agroecologia, que vai até esta sexta-feira (15).

O Guia Alimentar da População Brasileira, lançado em 2014, divide os alimentos por grau de processamento como in natura (frutas, verduras, carne e leite), minimamente industrializados (verduras e legumes lavados e/ou descascados, vendidos em embalagens), industrializados e ultraprocessados (biscoitos, sorvetes, balas e guloseimas em geral), além de incentivar uma alimentação saudável e nutricional com foco na comida de verdade. 

A analista de políticas sociais do Ministério da Saúde Elissa Moreira explicou que o debate é importante, pois o consumo de alimentos industrializados aumentou muito nos últimos anos.  De acordo com dados do relatório Panorama da Segurança Alimentar e Nutricional da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2016, o sobrepeso atinge 58% da população da América Latina e a obesidade, 23%.

“O que queremos é incentivar cada vez mais o consumo de alimentos in natura porque, além de cuidar da saúde, a população adquire os produtos da agricultura familiar, o que valoriza o trabalho do homem no campo”, afirmou.  

Ao final do debate, alguns exemplares do guia foram sorteados. A estudante de Agronomia Caroline Marques, do Piauí, contou que veio para o Congresso de Agroecologia 2017 buscar conhecimento. Ela disse que o guia que ganhou no sorteio vai ajudá-la ainda mais no cuidado com a alimentação. “Na minha casa já planto alguns alimentos orgânicos. A palestra me incentivou a continuar com uma alimentação saudável e a fazer o que eu gosto que é mexer com a terra”.

Para a nutricionista Rafaela Miranda, de Brasília, discutir a importância dos alimentos in natura para a população, em especial para as crianças, “é fundamental para que tenhamos adultos mais saudáveis”. ‘Hoje temos uma briga muito grande com a indústria do alimento. A propaganda impacta o tempo todo nós que somos da alimentação saudável. O guia alimentar traz conhecimento pra todo mundo”. 

Leia Também:
Público do Congresso de Agroecologia 2017 prestigia tenda Alimentação Saudável
Oficina de hortas caseiras atrai crianças e adultos
Oficina Comer Pra Quê? promove discussão sobre hábitos alimentares
Painel aborda estratégias de mercado para os produtos da sociobiodiversidade
MDS cadastra cooperativas de agricultores familiares para comercializar produtos para órgãos federais
Plataforma do Idec localiza as feiras orgânicas mais próximas da sua casa
Benefícios dos temperos na alimentação infantil são tema de palestra na tenda Alimentação Saudável
Tenda Dona Flor promove rodas de conversas sobre a saúde dos povos e comunidades tradicionais
Nutricionista da Emater-DF ensina receitas de sucos funcionais durante oficina
Oficina debate modelo de comercialização de alimentos com o apoio da comunidade
Feira Agroecológica e da Sociobiodiversidade é oportunidade de negócios e troca de experiências
Programa Cisternas é tema de roda de conversa

Evento – A tenda Alimentação Saudável é organizada pela Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), coordenada pelo MDS. No espaço, serão promovidos painéis, oficinas, rodas de conversa em parceria com Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Saúde, Consea, Emater-DF, Slow Food Brasil, CSA Brasília, Fiocruz, UnB e Idec.

O Congresso de Agroecologia 2017 é a realização simultânea do VI Congresso Latino-americano de Agroecologia, X Congresso Brasileiro de Agroecologia e V Seminário de Agroecologia do Distrito Federal e Entorno.

Os eventos são promovidos pela Sociedade Científica Latino-americana de Agroecologia (Socla) e Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia), organizados em Brasília por uma comissão formada por representantes da Embrapa, Universidade de Brasília, Emater-DF, Secretarias de Estado do GDF (Seagri e Sedestmidh), Ibram e ISPN. Conta com o apoio de vários ministérios, organizações e movimentos sociais. O evento é patrocinado por BNDES, Itaipu Binacional e Fundação Banco do Brasil.

Tendas Alimentação Saudável e Dona Flor: Saberes e Práticas de Saúde e Cura  (12/09/2017)

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa

registrado em: