Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Outubro > Programa de inclusão do Milho Guarani nas escolas ganha prêmio estadual

Notícias

Programa de inclusão do Milho Guarani nas escolas ganha prêmio estadual

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Itanhaém ficou em 1º lugar no Prêmio Josué de Castro de Combate à Fome
publicado  em 18/10/2017 16h52
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (16), Itanhaém recebeu um importante reconhecimento estadual por conta de sua política pública de inclusão do Milho Guarani (Avaxi Ete’i) na merenda das escolas. A Cidade ficou em 1º lugar no Prêmio Josué de Castro de Combate à Fome e à Desnutrição, do Governo do Estado, por meio do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CONSEA). Logo atrás, vieram os municípios de Lins e Campinas. A cerimônia ocorreu na sede da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento, em São Paulo.

O alimento foi inserido na merenda das escolas indígenas de Itanhaém – das aldeias Rio Branco e Tangará – por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Os produtos adquiridos pela Prefeitura são de origem da própria tribo, por meio dos agricultores familiares Ribeiro da Silva (aldeia Rio Branco) e Leonardo da Silva (aldeia Aguapeú).

Além disso, os produtores têm o Selo de Identificação da Participação da Agricultura Familiar (SIPAF), uma ferramenta de visibilidade e valorização dos agricultores familiares, criada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). O objetivo é de promover a sustentabilidade, a responsabilidade social e ambiental e valorizar a cultura local.

“É um trabalho em equipe que tem dado muito certo. Este reconhecimento por parte do Governo do Estado diz muito sobre a eficácia e a importância desta iniciativa. O Milho Guarani tem um grande valor histórico, cultural e é altamente recomendável para a alimentação das crianças”, disse o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Eliseu Braga Chagas.

“Este reconhecimento é de suma importância para o Município, com um prêmio específico de segurança alimentar. Estamos muito felizes com o resultado. É uma iniciativa que envolve diversos setores, como o Departamento de Merenda, a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), que também participa ativamente. A gente vem trabalhando desde 2013 neste projeto e agora conseguimos este belo resultado”, disse a gestora do Banco de Alimentos, Luciana Melo.

“É uma alegria, mais uma vez, ver Itanhaém com boas avaliações em âmbito estadual. Parabenizo a Cidade e toda a equipe, que conduziu os trabalhos com muita alegria e competência. Trata-se de uma iniciativa inovadora, uma referência para todo o Estado nessa área. É com muita justiça que vocês recebem este prêmio”, disse o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim.

Fonte: Itanhaém/SP

registrado em: