Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > Novembro > Encontro promove troca de experiências entre gestores de bancos de alimentos

Notícias

Encontro promove troca de experiências entre gestores de bancos de alimentos

SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

Promovido pelo MDS, evento segue até sexta-feira (1º), em Brasília
publicado  em 30/11/2017 16h40
Foto: Divulgação

Brasília – Qualificar a gestão de bancos de alimentos e promover a trocar de experiências. Com esses objetivos, gestores de todo o país participam, até esta sexta-feira (1º), em Brasília, de encontro promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

 Participam do evento representantes de 101 municípios de 23 Estados. Desse total, 78 municípios receberam apoio do ministério para construção ou modernização do banco de alimentos. No Brasil, 218 bancos estão em funcionamento e compõem uma rede nacional – desses, 107 unidades são coordenadas pelos governos estaduais e municipais.

 Acompanhe aqui a transmissão, em tempo real, do evento.

 Para o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Caio Rocha, o II Encontro Nacional de Gestores de Bancos de Alimentos é uma oportunidade de discutir iniciativas que promovam a redução do desperdício e a mudança de legislação para que o recebimento de alimentos não seja tão dependente do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

 “Os bancos de alimentos não podem se alicerçar somente no PAA. Eles também têm que buscar outras fontes de doação. Por isso, estamos trabalhando para fazer um grande programa para garantir alimento de qualidade às pessoas que estão vulnerabilidade social”, afirmou.

 Belo Horizonte é um dos primeiros municípios a implementar um banco de alimentos. Mesmo assim, é necessário se qualificar e conhecer novas experiências, como afirma a subsecretária de Segurança Alimentar da capital mineira, Darklene Rodrigues. “Ouvir o que o outro já conseguiu normatizar, ampliar atendimento e melhorar a gestão da coleta é sempre uma experiência importante”, destacou.

 Capacitação – A engenheira de alimentos da Secretaria Municipal de Agricultura de Nossa Senhora do Socorro, município localizado na região metropolitana de Aracaju (SE), Ana Patrícia Teles, está participando do encontro para aprender como implementar um banco de alimentos e apoiar no combate à insegurança alimentar.

 Segundo ela, na cidade, “há uma grande defasagem em segurança alimentar, sobrepeso de crianças, um acesso restrito das pessoas mais carentes a produtos bons e o desperdício é considerável”.

 

 De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), aproximadamente 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçadas em todo o mundo. Os bancos de alimentos atuam no recebimento de doações de produtos considerados fora dos padrões para a comercialização, mas adequados para o consumo. Os alimentos são repassados a instituições como creches, escolas, asilos e hospitais.

*Por André Luiz Gomes

 Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

 Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa

registrado em: