Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Progredir > Pronatec Oferta Voluntária: municípios devem indicar interlocutor para atuar na pré-matrícula dos cursos

Pronatec Oferta Voluntária: municípios devem indicar interlocutor para atuar na pré-matrícula dos cursos

publicado  em 10/11/2017 11h45
Novas oportunidades gratuitas e online para qualificação profissional serão abertas no dia 14 deste mês. A meta é concentrar esforços na divulgação das vagas e inclusão dos candidatos

Brasília - Para que o público mais vulnerável tenha acesso aos cursos gratuitos de qualificação profissional do Plano Progredir, os gestores de assistência social devem indicar o interlocutor municipal do Pronatec. O representante escolhido visualizará, por meio do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec), todas as vagas disponíveis e realizará as pré-matrículas dos candidatos.

As novas vagas do Pronatec Oferta Voluntária em cursos de formação inicial e continuada, na modalidade ensino a distância (EaD), serão abertas no dia 14 deste mês. As aulas serão ministradas, pela internet, por instituições privadas de educação profissional e tecnológica. A meta é ampliar a oferta gratuita na área de qualificação profissional e fomentar as políticas de inclusão social e produtiva.

Contato direto - O interlocutor municipal do Pronatec terá contato direto com o MDS, recebendo informações e assessoramento técnico para atuar nessa atividade. Para atrair o público de baixa renda, além de ações de divulgação pela internet e redes sociais, ele também poderá utilizar outras ferramentas para  anunciar a oferta das oportunidades, como a distribuição de panfletos, utilização de cartazes e carros de som.

O objetivo é atingir o maior número possível de candidatos de acordo com o perfil solicitado. A partir daí, os interessados devem se inscrever no link  www.mds.gov.br/progredir ou procurar diretamente o interlocutor para efetivar a pré-matrícula.     

A prioridade são as famílias de baixa renda, especificamente pessoas inscritas no Cadastro Único, com mais de 15 anos e que procuram novas oportunidades de emprego e renda. O intuito é promover a autonomia dos beneficiários do Bolsa Família.

 Plano Progredir - Coordenado pelo MDS, o Plano Progredir é um conjunto de ações do governo federal para promover a autonomia, por meio da geração de emprego e renda, das famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com foco especial aos beneficiários do Programa Bolsa Família.

O plano reúne qualificação profissional, apoio ao empreendedorismo e encaminhamento ao mercado de trabalho. Além dos cursos do Pronatec Oferta Voluntária, a estratégia contará com assistência técnica para autônomos, ações de inclusão digital e educação financeira. Também serão ofertados até R$ 3 bilhões anuais em microcrédito, por meio de parcerias com instituições financeiras, para fortalecer pequenos negócios.

Saiba mais:

Quem indica o interlocutor municipal do Pronatec?

O interlocutor municipal do Pronatec é indicado pelo gestor municipal de assistência social.

Como indico o interlocutor do Pronatec ou atualizo o cadastro?

Basta acessar o link http://www.mds.gov.br/formulariopronatec e preencher as informações solicitadas. Serão necessários CPF e senha CadSUAS do(a) secretário(a) de assistência social para efetivar esse processo.

Meu município já possui interlocutor municipal do Pronatec. Como acesso as vagas?

O interlocutor do Pronatec poderá visualizar todas as vagas disponíveis por meio do seu perfil no Sistec e pré-matricular os interessados. Após logar e acessar a aba “Pronatec Voluntário”, clicar em “Matrícula” e em “Cadastrar Pré-Matrícula”, o interlocutor deverá indicar apenas os campos Edital (Pronatec Voluntário 2016), Lote (Lote 04) e Modalidade de Ensino (Educação a Distância).

Importante!
Para visualizar os cursos, não selecione o campo “município” e “UF” no Sistec.

O interlocutor realizará apenas a pré-matrícula. A validação e confirmação da matrícula serão feitas pelo próprio aluno. Após a realização da pré-matrícula, o Sistec emitirá uma “Carta de Encaminhamento” com o endereço eletrônico para acesso à plataforma EaD por meio da internet, além de outras informações.
O aluno também receberá esses dados na caixa de e-mail que ele cadastrou. A matrícula será validada na própria plataforma, no período de 11 de dezembro a 30 de dezembro. As aulas terão início a partir de 11 de dezembro.

Atenção! O Sistec não permite edição de dados, por isso é necessário ter cuidado ao preencher as informações cadastrais dos candidatos.


Os interessados também podem se inscrever diretamente por meio do Portal Progredir, no endereço www.mds.gov.br/progredir. Ao concluir o cadastro, será possível fazer a pré-matrícula no curso escolhido.


O estudante que não tiver acesso à internet poderá procurar os Telecentros e Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) pelo link https://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/mops/servicos.php?s=1&codigo=530010, localizados em vários municípios e no Distrito Federal. São entidades públicas de caráter comunitário que promovem o acesso à inclusão digital. Parte dos municípios que não dispõem dessas unidades podem articular parcerias com universidades, ONGs, entre outros parceiros, a fim de viabilizar um local público de acesso à internet.

Sugerimos a leitura do Guia Pronatec Oferta Voluntária no seguinte link: http://portal.mec.gov.br/pronatec/oferta-voluntaria.

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato pelo e-mail inclusaoprodutiva@mds.gov.br.