Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Cadastro Único > Dados > Consultas de acesso restrito

Consultas de acesso restrito

publicado  em 02/07/2015 15h51

 

Os dados sigilosos (que identificam pessoas e famílias) da Cadastro Único estão restritos a usuários autorizados. O acesso se dá no próprio Sistema de Cadastro Único, como também por meio do aplicativo de Consulta, Seleção e Extração de Informações do Cadastro Único (Cecad).

O Cecad é uma ferramenta que contém informações da base nacional e permite a tabulação de dados dos estados, do DF e dos municípios. Apresenta quatro níveis de consulta:

- Tabulador: Permite o cruzamento de duas variáveis do Cadastro Único e a aplicação de filtros. Podem ser utilizadas informações de diversos blocos dos formulários do Cadastro Único, tais como a existência de trabalho infantil, cor/raça, renda e escolaridade, entre outros.
- Frequência Simples: Permite a tabulação de apenas uma variável do Cadastro Único;
- Extrator de Dados: Permite extrair informações detalhadas das famílias inscritas no Cadastro Único, com alguns filtros;
- Busca Nome/NIS: Permite consultar as informações analíticas da pessoa (formulário completo) e da família. O registro da pessoa poderá ser consultado com base nos seguintes parâmetros: Nome, NIS e/ou CPF.

Quem pode acessar o Cecad

Podem ter acesso ao Cecad os mesmos usuários do Sistema de Cadastro Único, ou seja, aqueles que operacionalizam a gestão do Cadastro Único no âmbito do MDS, dos municípios, dos estados e da Caixa Econômica Federal (agente operador), e os órgãos e as entidades responsáveis por programas sociais que utilizam o Cadastro Único para a seleção de beneficiários, além dos órgãos de controle.

Também acessam as informações pessoas que possuem perfil ativo no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF), pois o Cecad está hospedado no SIGPBF.

Para mais informações a respeito da ferramenta, acesse o Tutorial do Cecad, disponível no Portal MDS-EaD.