Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Bolsa Família > O que é > Você Sabia? > Os beneficiários do Bolsa Família trabalham

Os beneficiários do Bolsa Família trabalham

publicado  em 01/07/2015 16h41

Entre as pessoas beneficiárias do Bolsa Família que têm mais de 18 anos, cerca de 75% trabalham ou estão procurando trabalho, de acordo com pesquisas da Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (Sagi/MDS). A taxa é semelhante à população não beneficiária, mas que também está na mesma faixa de renda. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicam que, entre a população mais pobre, mais de 70% dos adultos trabalham ou estão em busca de um emprego.

Em 2015, as ONGs Instituto Data Favela e Instituto Data Popular apresentaram o resultado de levantamento com cerca de 2 mil moradores de 63 comunidades do país. Os dados apontam que mais de 70% dos beneficiários do Bolsa Família que moram em favelas trabalham.

Além disso, o benefício médio do Bolsa Família — em torno de R$ 170 mensais (referência de junho 2015) — é insuficiente para substituir os rendimentos do trabalho. Por isso, o Programa é um importante instrumento para complementar a renda dos trabalhadores em situação de pobreza e extrema pobreza.

Outro estudo sobre a relação trabalho-população beneficiária pode ser lido no capítulo 22 do livro Programa Bolsa Família: uma década de inclusão e cidadania. Intitulado “Efeito Preguiça” em programas de transferência de renda?, foi realizado por pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O artigo científico aponta, entre outras conclusões, que programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, possuem impactos pequenos sobre o mercado de trabalho e que a hipótese de um efeito substituição (as pessoas deixariam de trabalhar por causa do benefício) não se sustenta.