Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Setembro > Justiça aprova destinação de R$ 250 milhões para o Criança Feliz

Justiça aprova destinação de R$ 250 milhões para o Criança Feliz

publicado  em 18/09/2019 15h00

 
 

LOC: As ações do Ministério da Cidadania para o desenvolvimento das crianças de baixa renda acabam de ganhar um importante reforço. A Justiça aprovou a destinação de duzentos e cinquenta milhões de reais para o Criança Feliz. O programa promove o acompanhamento semanal de crianças e gestantes inseridas no Cadastro Único para programas sociais do governo federal. O valor é de um fundo da Petrobras. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, comentou a decisão.

SONORA: OSMAR TERRA - MINISTRO DA CIDADANIA

LOC: A decisão foi homologada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. O recurso é fruto de um pacto sobre a destinação de dois bilhões e seiscentos milhões de reais recuperados dos desvios na Petrobras a partir da Operação Lava-Jato. O acordo firmado entre a Procuradora-Geral da República, o presidente da Câmara dos Deputados e a União, com a contribuição do presidente do Senado Federal, dirigiu um bilhão de reais para a preservação do meio ambiente e um bilhão e seiscentos milhões de reais à educação – desse valor, 250 milhões vão ser investidos no programa Criança Feliz.

A secretária nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano, Ely Harasawa, falou do reconhecimento da primeira infância como um investimento estratégico para o país.

SONORA: ELY HARASAWA - SECRETÁRIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO

LOC: Coordenado pelo Ministério da Cidadania por meio da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, o Criança Feliz orienta as famílias sobre os cuidados necessários para a promoção do desenvolvimento adequado na primeira infância, a partir de visitas domiciliares. São atendidas crianças de até três anos inseridas no Cadastro Único para programas sociais do governo federal, e de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC. O programa integra ações nas áreas de saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos. Mais de setecentas e sessenta e uma mil crianças e gestantes são atendidas. O Criança Feliz foi reconhecido como uma das políticas mais inovadoras do mundo na área de educação, com o prêmio WISE Awards, que será entregue durante a reunião da Cúpula Mundial de Inovação para a Educação, em novembro no Catar.

Para mais informações, acesse: cidadania.gov.br

Reportagem, Diego Queijo