Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Setembro > Comitivas estrangeiras conhecem a política brasileira de atendimento à população de rua

Comitivas estrangeiras conhecem a política brasileira de atendimento à população de rua

publicado  em 09/09/2019 18h30

 


 

LOC: Apresentar a política brasileira de atendimento à população de rua para Colômbia, Paraguai, Uruguai, Chile e Costa Rica e discutir formas de aprimorar a atenção a este público. Para isso, o Ministério da Cidadania promoveu o Seminário Internacional: Políticas Públicas para População em Situação de Rua e Migrantes, em Brasília. Os países integrantes participam do Projeto Red Calle, da União Europeia, que promove debates e o intercâmbio de experiências entre gestores públicos e a sociedade civil sobre o tema.

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, participou da abertura do evento, nesta segunda-feira, e comentou sobre fatores que levam as pessoas para as ruas. Em particular, alertou sobre os danos provocados pela dependência química.



SONORA MINISTRO OSMAR TERRA
 

LOC: Para o coordenador do tema no Paraguai e representante da Red Calle, Jorge Amarilla, a experiência brasileira de acolhimento é um dos temas que mais tem chamado a atenção das comitivas estrangeiras.


SONORA JORGE AMARILLA


LOC: Dados do Cadastro Único para Programas Sociais mostram que o Brasil tem cerca de 137 mil pessoas em situação de rua. Entre as ações voltadas para esta população, está o repasse de recursos, pelo Ministério da Cidadania, para 227 Centros de Referência Especializado para População em Situação de Rua, os Centros POP. O secretário especial do Desenvolvimento Social, Lelo Coimbra, destacou a necessidade de atender a população de rua de forma ampliada, com a integração de diversas políticas.

SONORA SECRETÁRIO ESPECIAL LELO COIMBRA


LOC: Por 13 anos, Samuel Rodrigues viveu sem abrigo. Agora, como coordenador do Movimento Nacional de População em Situação de Rua, ressalta a necessidade da integração entre a sociedade civil e o governo.

SONORA SAMUEL RODRIGUES


LOC: O seminário promovido pelo governo federal, que também contou com a presença da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, abriu o evento Missão Red Calle: durante o restante da semana, comitivas estrangeiras irão conhecer o trabalho de acolhimento e de atendimento à população em situação de rua realizado no Distrito Federal, em São Paulo e em Fortaleza.
 

Reportagem, André Luiz Gomes.