Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Janeiro > Ministério da Cidadania libera R$ 300 mil para ações de apoio à agricultura familiar em Brumadinho

Ministério da Cidadania libera R$ 300 mil para ações de apoio à agricultura familiar em Brumadinho

publicado  em 31/01/2019 19h24

 


 

LOC: O Ministério da Cidadania vai liberar R$ 300 mil para ampliar o alcance do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, em Brumadinho. O aporte permitirá que mais agricultores vendam seus produtos por meio do PAA, que é coordenado pela pasta. A portaria com os valores foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (31). 

Conforme explica o ministro da Cidadania, Osmar Terra, a liberação dos recursos integra um pacote de ações de apoio às vítimas da tragédia

SONORA: OSMAR TERRA – ministro da Cidadania 

LOC: O PAA compra alimentos da agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional. Atualmente, 43 agricultores do município mineiro integram o programa, sendo que o recurso disponível para a região era de R$ 120 mil. Com a destinação de mais dinheiro, o total em Brumadinho chegará a R$ 420 mil. 

Segundo o vice-prefeito do município, Leônidas Maciel, boa parte dos agricultores locais não foi afetada diretamente pela tragédia, por isso a relevância do anúncio. 

SONORA: LEÔNIDAS MACIEL – vice-prefeito de Brumadinho 

LOC: No início desta semana, o Ministério da Cidadania anunciou a antecipação do Bolsa Família na região. Com a medida, os beneficiários poderão sacar o dinheiro sem precisar seguir o calendário do programa. Em fevereiro, o pagamento do Bolsa Família em todo o país começa no dia 15 e segue até dia 28. No município mineiro, 1.506 famílias recebem o benefício.  

O governo federal também prorrogou, por 60 dias, o prazo para as famílias atualizarem seus dados junto à administração municipal do Bolsa Família. Em situações normais, deixar de atualizar o cadastro pode resultar na interrupção do repasse. Os beneficiários que perderam o cartão do programa poderão fazer o saque por meio de uma guia de pagamento que deve ser obtida junto à gestão municipal.

Reportagem, Débora Cruz.