Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Fevereiro > Equipe do Ministério da Cidadania dá suporte às vítimas do desastre em Brumadinho

Equipe do Ministério da Cidadania dá suporte às vítimas do desastre em Brumadinho

publicado  em 01/02/2019 15h30

 


 

LOC: O Ministério da Cidadania está atuando no suporte às ações da área de assistência social em Brumadinho./ Desde quarta-feira, dia 28, uma comitiva da pasta auxilia as equipes locais no cadastramento das famílias afetadas pela tragédia para definir ações emergenciais e futuras./ O trabalho integra um pacote de medidas de apoio às vítimas, como explica o ministro da Cidadania, Osmar Terra./

SONORA: OSMAR TERRA – ministro da Cidadania

LOC: Técnicos do ministério já trabalham na elaboração de um diagnóstico da situação de emergência e em um plano pós-emergêncial, com foco no atendimento social das famílias afetadas./ O documento deve estar pronto em até 30 dias./ Um formulário informartizado foi desenvolvido especialmente para a coleta dos dados./ 

Segundo a diretora-substituta de Proteção Social do ministério, Maria Yvelonia Barbosa, o cadastro também servirá de subsídio para a tomada de decisão de outros órgãos envolvidos no apoio às vítimas.//   

SONORA: MARIA YVELONIA BARBOSA – diretora-substituta de Proteção Social  

LOC: Nas próximas semanas, o ministério irá capacitar as equipes locais responsáveis por preencher os formulários.//  

SONORA: MARIA YVELONIA BARBOSA – diretora-substituta de Proteção Social  

LOC: Após a tragédia, o Ministério da Cidadania anunciou a antecipação do Bolsa Família na região./ Os beneficiários do município poderão sacar o dinheiro já no primeiro dia de pagamento, sem precisar seguir o calendário do programa./ Outra medida foi a liberação de R$ 300 mil para a ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, em Brumadinho.

A iniciativa possibilita a compra alimentos da agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional./ Atualmente, 43 agricultores do município integram o programa, sendo que o recurso disponível para a região era de R$ 120 mil./ Agora, o total chegará a R$ 420 mil.    

Reportagem, Débora Cruz