Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Julho > Programa do governo federal garante investimentos e qualidade de vida para pequenos agricultores

Programa do governo federal garante investimentos e qualidade de vida para pequenos agricultores

publicado  em 29/07/2019 13h18

 


 

LOC: Valfrido Pedro dos Santos, de 54 anos, é dono de um bananal de 44 hectares em Schroeder, pacata cidade no interior de Santa Catarina. O pequeno município, com menos de 20 mil habitantes, integra a quarta região com maior produção de bananas do Brasil. Parte de tudo o que é produzido ali é vendido para escolas e órgãos federais por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, na modalidade Compra Institucional./  O Programa permite que órgãos federais comprem alimentos da agricultura familiar, com recursos próprios, e dispensa licitação./ Para Valfrido, o PAA é fonte de renda contínua./ O valor arrecadado, recebido mensalmente ao longo da duração do contrato, garante a possibilidade de investimentos em máquinas e tecnologia, além ajudar a evitar o êxodo rural.//

SONORA: VALFRIDO SANTOS - AGRICULTOR FAMILIAR

LOC: Jair Mendonça é apicultor e presidente da Cooperativa de Produção Agroindustrial Familiar de Schroeder, a COOPERSCHREDER./ Mendonça produz mel, cera de abelha e própolis, além de comprar produtos de outros pequenos apicultores da região./ Em 2007, influenciado pelo irmão, Jair instalou duas colmeias nos fundos de casa, apenas para consumo próprio./ Atualmente, ele já tem mais de TREZENTAS espalhadas pelo estado./ Jair conta que está prestes fechar um contrato com o Governo para fornecer mais de 4 mil quilos de mel. A quantidade equivale a quase dois anos de entrega e garante dinheiro no bolso./ Para ele, o Programa de Aquisição de Alimentos é garantia de renda e possibilidade de expandir o negócio.//

SONORA: JAIR MENDONÇA - PRESIDENTE DA COOPERSCHREDER

LOC: Os benefícios trazidos pelo PAA não ficam apenas no campo. Quem compra também está satisfeito. O 62º Batalhão de Infantaria de Joinville abriga cerca de 850 pessoas, e começou a adquirir itens da agricultura familiar este ano./ O comandante do Batalhão, Coronel Reinaldo Calderaro destaca a qualidade dos produtos recebidos e o benefício que o investimento traz para a comunidade local.//

SONORA: CEL CALDERARO - COMANDANTE

LOC: Todos os órgãos federais são obrigados a investir, pelo menos, 30% do valor gasto com alimentação na agricultura familiar, seja por meio de cooperativas ou de produtores individuais. A Compra Institucional do PAA permite que o agricultor possa vender até R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já as cooperativas ou associações têm o teto de R$ 6 milhões, por ano, para cada órgão, respeitando o limite máximo por cada agricultor individual. Para acompanhar as chamadas públicas abertas em todo o país, basta acessar o portal comprasagriculturafamiliar.gov.br.//

Reportagem, Henrique Jasper.

 

Ouça aqui (4'28)