Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Julho > Gestores de diferentes regiões discutem ações para a assistência social

Gestores de diferentes regiões discutem ações para a assistência social

publicado  em 25/07/2019 14h04

 

 


 

LOC: Gestores dos governos federal, estadual e municipal discutiram, nesta quarta-feira, programas e serviços do Ministério da Cidadania e outras ações desenvolvidas na área da assistência social./ O Benefício de Prestação Continuada, o Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil, a Estação Cidadania e a Lei da Escuta foram debatidos no encontro./

O secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, presidiu a reunião./ Ele destacou que os encontros entre gestores propiciam o fortalecimento das relações institucionais, ao abrirem espaço para dialogar e ouvir as demandas locais./

SONORA: LELO COIMBRA

LOC: A presidente do Fórum Nacional de Secretários de Estado da Assistência Social (Fonseas), Elisa Cleia Nobre, defende a relevância de todas as discussões, uma vez que reúne representantes e funcionários da assistência social de todas as esferas./

SONORA: ELISA CLEIA NOBRE

LOC: Os desafios de acesso dos usuários da assistência social aos sistemas informatizados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também estiveram em pauta./ Para a presidente do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), Andréia Lauande, é importante aprofundar o tema e fortalecer os acordos entre os governos./

SONORA: ANDREIA LAUANDE

LOC: Também participaram da reunião com os gestores, a secretária especial Adjunta da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, Neusa Kempfer, o diretor de atendimento do INSS, Clovis de Castro Junior, a secretária nacional de Assistência Social Substituta, Mariana Neris, e o secretário de Infraestrutura Cultural da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Paulo Nakamura, que apresentou o projeto das Estações Cidadania./

Como exemplo, ele citou a Estação Cidadania de Brumadinho./ A estrutura dispõe de três mil metros quadrados, nos quais abriga uma praça, um Centro de Referência de Assistência Social – Cras -, biblioteca, sala de informática, cineteatro e quadra poliesportiva./ O local foi inaugurado em 14 de junho e compõe a Aliança por Brumadinho - um pacote de medidas proposto pelo governo federal, em parceria com a iniciativa privada, para o resgate socioeconômico do município./ A ação é coordenada pelo Ministério da Cidadania.///

Reportagem, Renata Garcia