Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Julho > Em seis meses, PAA Compra Institucional já disponibilizou mais de R$ 165 milhões para a agricultura familiar

Em seis meses, PAA Compra Institucional já disponibilizou mais de R$ 165 milhões para a agricultura familiar

publicado  em 24/07/2019 18h24

 

LOC: Artemio e Marlei Kunz são agricultores familiares no município de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, e produzem todo tipo de hortaliças. Eles participam do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, e entregam seus produtos em quartéis, institutos federais e universidades do Estado por meio da modalidade Compra Institucional, juntamente com outros produtores da Cooperativa de Agricultores e Agroindústrias Familiares do município. //

O PAA garante que 30% dos alimentos adquiridos pelos órgãos públicos venham da agricultura familiar. Oportunidade que os dois agricultores não dispensaram. Com a venda de seus produtos, eles viram a renda da família dobrar, o que resultou num salto na qualidade de vida.

SONORA ARTEMIO KUNZ


LOC: Assim como a família Kunz, milhares de agricultores em todo o País estão se beneficiando com a Compra Institucional do PAA. Cerca de 400 cooperativas espalhadas pelo Brasil já participam das chamadas públicas. Somente no primeiro semestre deste ano, os órgãos públicos federais, estaduais e municipais disponibilizaram mais de 165 milhões de reais para a compra de produtos da agricultura familiar. Esse valor é superior ao total vendido em 2017 – quando atingiu 150 milhões de reais - e a estimativa do governo federal é que ultrapasse a barreira dos 300 milhões de reais até dezembro.

A coordenadora de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Hetel Santos, diz que há um potencial estimado em todo o País que pode atingir dois bilhões e 700 milhões de reais. Para isso, a pasta está empenhada em capacitar tanto órgãos federais como cooperativas.


SONORA COORDENADORA HETEL SANTOS


LOC: Hetel Santos também aponta os benefícios da modalidade, tanto para os órgãos públicos como para os agricultores.

 

SONORA COORDENADORA HETEL SANTOS


LOC: A Modalidade Compra Institucional permite que o agricultor independente venda até R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões por ano, por órgão comprador. Para acompanhar as chamadas públicas abertas em todo o País, basta acessar o portal comprasagriculturafamiliar.gov.br.


Reportagem, André Luiz Gomes.