Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Julho > Criança Feliz incentiva participação dos pais no desenvolvimento dos filhos

Criança Feliz incentiva participação dos pais no desenvolvimento dos filhos

publicado  em 16/07/2019 18h33

 

LOC: O programa Criança Feliz, do governo federal, quer melhorar a relação entre pais e filhos. Mesmo que na maioria dos casos, a mãe seja a pessoa mais próxima da criança, o programa incentiva o protagonismo dos pais. E ressalta a importância deles no crescimento integral dos pequenos. Em Porto Belo, Santa Catarina, Alexssandro da Rosa é um exemplo disso. Ele recebe em casa as visitas do Criança Feliz e é quem mais participa das atividades com a filha Mayra, de um ano e oito meses.

SONORA: ALEXSSANDRO DA ROSA - PAI DA MAYRA

LOC: E a esposa, Isleide de Souza, também aprovou.

SONORA: ISLEIDE DE SOUZA - MÃE DA MAYRA

LOC: Uma vez por semana, é a visitadora Liovana da Silva quem dá dicas e propõe atividades para desenvolver a coordenação motora, a inteligência e o vínculo afetivo entre Mayra, o pai, a mãe e a irmã, Vitória.

SONORA: LIOVANA DA SILVA - VISITADORA DO CRIANÇA FELIZ EM PORTO BELO (SC)

LOC: A Secretária Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano, do Ministério da Cidadania, Ely Harasawa, também destaca que o vínculo entre os pais e os filhos é fundamental.

SONORA: ELY HARASAWA - SECRETÁRIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO

LOC: Coordenado pelo Ministério da Cidadania, o Criança Feliz atua para estimular o desenvolvimento no período da primeira infância com foco em temas como saúde, educação, cultura e a garantia de direitos. Semanalmente, visitadores capacitados realizam acompanhamento de crianças beneficiárias do Programa Bolsa Família, de zero a 3 anos, e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC. Até o momento, dois mil seiscentos e vinte e quatro municípios aderiram à iniciativa, e mais de seiscentas e noventa mil crianças e gestantes foram atendidas. Para saber mais sobre o Criança Feliz, acesse cidadania.gov.br

Reportagem, Diego Queijo