Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Agosto > Ministério da Cidadania e prefeitura do Rio de Janeiro se unem no tratamento e na prevenção ao uso de drogas

Ministério da Cidadania e prefeitura do Rio de Janeiro se unem no tratamento e na prevenção ao uso de drogas

publicado  em 08/08/2019 13h28

 

LOC: O Ministério da Cidadania e a prefeitura do Rio de Janeiro discutiram uma parceria para a promoção de ações de prevenção ao uso de drogas, de acolhimento e de atendimento a dependentes químicos na capital carioca./ Nesta quinta-feira, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e o prefeito Marcelo Crivella se reuniram na sede do governo local./
O ministro Osmar Terra explicou que, neste momento, o governo federal vai apoiar o município no diagnóstico e na realização da estratégia de atendimento aos dependentes./ Ele apontou que a parceria com o Rio de Janeiro tem o objetivo de dar um novo rumo no enfrentamento às drogas./

SONORA: OSMAR TERRA - MINISTRO DA CIDADANIA

LOC: Na última segunda-feira, o prefeito Marcelo Crivella assinou um decreto que trata sobre a internação involuntária de dependentes químicos que moram nas ruas da cidade./ Ele ressaltou que as medidas tomadas se integram à Lei sobre Drogas que foi sancionada em junho deste ano e que as ações devem ser continuadas./

SONORA: MARCELO CRIVELLA - PREFEITO DO RIO DE JANEIRO

LOC: Após o encontro, o ministro Osmar Terra, acompanhado do secretário Nacional de Cuidados e Prevenção ao Uso de Drogas, Quirino Cordeiro, se reuniu com representantes de Comunidades Terapêuticas que realizam o serviço de acolhimento e tratamento de dependentes químicos./ Um deles é Márcio de Castro, presidente da Comunidade Terapêutica Valente de Davi, em Campo Grande. Com a própria história de vida, ele indicou o quanto é importante o apoio governamental na retirada das pessoas do mundo das drogas.

SONORA: MÁRCIO CASTRO

LOC: Ainda no Rio de Janeiro, durante a noite, o ministro Osmar Terra participou do Congresso Nacional e internacional da Organização Não Governamental Amor Exigente, que reuniu famílias de usuários de drogas. A entidade, por meio de grupos de mútua ajuda, desenvolve ações que proporcionam mais equilíbrio e melhor qualidade de vida para os familiares./
A Nova Lei de Drogas foi sancionada em junho pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Entre as modificações, ela estabelece ações mais rígidas contra o tráfico de drogas, prevê a internação involuntária de usuários para desintoxicação e reforça o trabalho das comunidades terapêuticas. A Política Nacional Sobre Drogas é desenvolvida em conjunto pelos ministérios da Cidadania, da Saúde, da Justiça e Segurança Pública, e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A pasta da Cidadania é responsável pelo tratamento de dependentes químicos com foco na estratégia da abstinência dos usuários.///

Reportagem, Renata Garcia