Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Abril > Ministério divulga perguntas e respostas sobre a inclusão de beneficiários do BPC no Cadastro Único

Ministério divulga perguntas e respostas sobre a inclusão de beneficiários do BPC no Cadastro Único

publicado  em 23/04/2019 17h00

  


 

LOC: O Ministério da Cidadania publicou em sua página na internet um documento com as perguntas e respostas mais frequentes sobre a inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal de pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC. O objetivo é esclarecer as dúvidas da população sobre o registro, que é obrigatório.

O diretor do Departamento de Benefícios Assistenciais do Ministério da Cidadania, André Veras, explica que o governo federal está oferecendo informações claras e acessíveis aos beneficiários sobre notificações e procedimentos.

SONORA: ANDRÉ VERAS - DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA

LOC: Desde novembro de 2016, a inscrição dos beneficiários no Cadastro Único é obrigatória, mas, até fevereiro de 2019, mais de um milhão e cem mil ainda não estavam cadastrados. O montante representa vinte e três vírgula sete por cento do total de pessoas que recebem o benefício. Por isso, no início deste mês, o Ministério da Cidadania publicou uma portaria com novos prazos para inscrição. O cronograma estabelece 12 lotes para a suspensão do benefício, divididos de acordo com a data de nascimento do beneficiário, como explica o diretor André Veras.

SONORA: ANDRÉ VERAS - DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA

LOC: Neste primeiro lote, os nascidos em janeiro estão sendo avisados durante o mês de abril com bloqueio do benefício agendado para junho e suspensão em julho. Para se inscrever, os beneficiários do BPC devem procurar um Centro de Referência de Assistência Social, o Cras, ou a Secretaria de Assistência Social do município com documentos como CPF, identidade e comprovante de residência. A inscrição também pode ser feita pelo responsável familiar, desde que ele leve os documentos de todas as pessoas da família. André Veras, diretor do Departamento de Benefícios Assistenciais, destaca as vantagens para o beneficiário de atender ao chamado do governo federal.

SONORA: ANDRÉ VERAS - DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA

LOC: O cronograma completo e o documento com as perguntas e respostas mais frequentes estão disponíveis no site do Ministério da Cidadania, o cidadania.gov.br

Reportagem, Diego Queijo.