Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Abril > Ministério da Cidadania discute no Senado projeto de nova lei sobre drogas

Ministério da Cidadania discute no Senado projeto de nova lei sobre drogas

publicado  em 23/04/2019 17h30

  


 

LOC: O ministro da Cidadania, Osmar Terra, participou de encontro em defesa do Projeto de Lei da Câmara número 37, de 2013, junto à Frente Parlamentar Mista em defesa das Comunidades Terapêuticas./ O encontro foi nesta terça-feira, no Senado./ Parlamentares e lideranças no assunto, que vieram de todo o Brasil, discutiram a aprovação da nova lei, que já passou na Câmara e agora será votada pelas comissões de Assuntos Sociais e de Assuntos Econômicos do Senado, nesta quarta-feira, dia 24./ Para o ministro, este é um momento histórico./ Médico de formação, ele destacou os malefícios causados pelo consumo de drogas e frisou a urgência da nova legislação./

SONORA: OSMAR TERRA - MINISTRO DA CIDADANIA

LOC: Os avanços que serão alcançados com a nova lei também foram destacados pelo secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro./

SONORA: QUIRINIO CORDEIRO - SECRETÁRIO NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS

LOC: Para quem superou a dependência química, o diferencial da proposta é a promoção da abstinência para recuperação, conforme ressaltou o tesoureiro da Confederação Nacional de Comunidades Terapêuticas, Célio Luiz Barbosa./

SONORA: CÉLIO LUIZ BARBOSA - CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE COMUNIDADES TERAPÊUTICAS

LOC: Se o Projeto de Lei 37/2013 for aprovado, o impacto positivo não será somente entre os dependentes químicos, como lembrou o conselheiro da Federação Amor Exigente, Roberto Vieira Cavalcanti./

SONORA: ROBERTO VIEIRA CAVALCANTI - FEDERAÇÃO AMOR EXIGENTE

LOC: O encontro foi proposto pelo senador Eduardo Girão e contou com participação dos senadores Lasier Martins, Styvenson Valentim, Izalci Lucas, Elmano Férrer, Soraya Thronicke, Selma Arruda e ainda dos deputados federais Eros Biondini e Wagner Gomes, e outras autoridades./ Depois da CAE e da CAS, o texto segue para a análise da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH)./ Saiba mais sobre o Ministério da Cidadania em cidadania.gov.br.//

Reportagem, Renata Garcia.
 

Ouça aqui (3'41)