Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2019 > Abril > Cidadania é parceiro do Judiciário na garantia de direitos à primeira infância

Cidadania é parceiro do Judiciário na garantia de direitos à primeira infância

publicado  em 11/04/2019 15h00

 

 


 

LOC: A primeira infância ganhou mais um parceiro na atuação pela garantia dos direitos das crianças./ Nesta quinta-feira, o Conselho Nacional de Justiça, CNJ, reuniu representantes do poder executivo, legislativo e da sociedade civil para apresentar o Pacto Nacional pela Primeira Infância./ O projeto tem o objetivo de promover o tema sob a ótica da justiça e do direito./ O Ministério da Cidadania foi convidado a participar da iniciativa por conta da experiência de sucesso com o Criança Feliz - que já atende mais de 573 mil crianças e gestantes com orientações sobre a melhor forma de promover o desenvolvimento infantil.

Para o presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Dias Toffoli, o pacto é apenas o início de uma longa jornada na garantia de direitos a esta faixa da população./



SONORA PRESIDENTE DO STF MINISTRO DIAS TOFFOLI

LOC: O secretário Especial do Desenvolvimento Social, Lelo Coimbra, destacou a importância da inciativa e da construção de parcerias em torno da primeira infância./ 

SONORA SECRETÁRIO LELO COIMBRA 

LOC:Já a secretária Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério da Cidadania, Ely Harasawa, disse que o apoio do judiciário traz novas oportunidades para o desenvolvimento infantil.

SONORA SECRETÁRIA ELY HARASAWA 
 

LOC: A iniciativa proposta pelo CNJ prevê a realização de diagnósticos, seminários regionais e nacionais, capacitações, premiação de boas práticas, além da revisão e aperfeiçoamento dos marcos normativos sobre a primeira infância.

 

Reportagem, André Luiz Gomes.
 

Ouça aqui (2'50)