Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Novembro > Cisternas garantem água de qualidade às famílias do Ceará

Cisternas garantem água de qualidade às famílias do Ceará

publicado  em 16/11/2018 15h43
Agência MDS - Release Radio - 13/03/2018 - Bolsa Família registra melhor resultado no acompanhamento da condicionalidade de saúde

 


LOC: Os agricultores familiares Wesley Costa Santiago, de 32 anos, e Mônica Gomes da Silva, de 31 anos, sabem bem o valor da água. Eles moram em Ocara, no norte do Ceará, onde o sol quente castiga a terra. Mas com o apoio do Programa Cisternas, do Ministério do Desenvolvimento Social, eles aprenderam a conviver com a seca. São três reservatórios que auxiliam a família a ter uma vida melhor./ Um capta água da chuva para o consumo da casa, outro destina-se à produção de alimentos e aos animais e a mais recente construção, a cisterna de reúso, além de captar a água da chuva também reaproveita a água da cozinha e do chuveiro./

Mônica conta que, antes da cisterna de reúso, toda a água da cozinha ficava empoçada no quintal da casa, causando mau cheiro e prejudicando o solo. Agora, a família pode economizar e a agricultora finalmente conseguiu melhorar os canteiros de verduras./

SONORA MONICA GOMES DA SILVA

LOC: O Programa Cisternas tem como objetivo levar água para a população mais pobre, principalmente do Semiárido brasileiro. Ao garantir água, o programa dá segurança para as famílias continuarem no campo, produzindo. Para o coordenador-geral de Acesso à Água do Ministério do Desenvolvimento Social, Vitor Leal Santana, as cisternas e as tecnologias apoiadas pelo programa representam uma grande mudança na vida das famílias.//

SONORA VITOR LEAL SANTANA - COORDENADOR-GERAL DE ACESSO À ÁGUA

LOC: O Ministério do Desenvolvimento Social executa programa em parceria com os governos estaduais e municipais, consórcios públicos municipais e organizações da sociedade civil. De janeiro a setembro de 2018, já foram entregues mais de 16 mil cisternas para consumo humano, conhecidas como 1ª água, e pouco mais de 8 mil reservatórios para a produção de alimentos. São mais de 1.400 municípios atendidos e 151 mil famílias beneficiadas.

Reportagem, Pamela Santos