Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Maio > Programa Criança Feliz chega aos lugares mais distantes do país

Programa Criança Feliz chega aos lugares mais distantes do país

publicado  em 30/05/2018 16h00

 

Agência MDS - Release Radio - 21/11/2017 - Osmar Terra apresenta programa Criança Feliz a prefeitos de Santa Catarina

 

LOC: Roseana Amorim, de 26 anos, mora numa casa humilde, construída em cima de palafitas na comunidade de São Francisco, em Careiro da Vázea, região metropolitana de Manaus. O barco é o único meio de transporte que dá acesso à cidade. Quando o rio Amazonas não está cheio, é preciso andar por um caminho de madeiras finas que não ultrapassam 20 centímetros de espessura para chegar à casa de Roseana.

Nenhuma dessas dificuldades impede que o atendimento do Criança Feliz chegue até o pequeno Hector, de dois anos. Ele vem sendo acompanhado há quase um ano e já é possível ver as mudanças nas interações entre mãe e filho. Agora, mesmo em simples brincadeiras,  Roseana tem consciência de que está colaborando para o desenvolvimento integral de Héctor.

SONORA ROSEANA AMORIM

LOC: Héctor é uma das 34 crianças que a visitadora Roseney de Souza Nogueira, de 37 anos, acompanha em Careiro da Várzea. A maioria delas vive em situações bem parecidas com a da família do pequeno. Ao todo, 100 famílias participam do Criança Feliz na cidade. Roseney conta que não é fácil fazer as visitas, existem lugares que estão a cinco horas de barco, outros em que as casas estão em condições bem precárias. Mas, presenciar a felicidade das crianças é um grande aprendizado.

SONORA ROSENEY NOGUEIRA

LOC: A partir de ações intersetoriais, os beneficiários do Criança Feliz contam com atendimentos nas áreas da saúde, assistência social, cultura, educação e de garantia de direitos. Para o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o programa é uma forma de promover autonomia, emancipação e liberdade às pessoas./

SONORA MINISTRO ALBERTO BELTRAME

LOC: O Criança Feliz é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. O programa está presente em 2.685 municípios e em 2.071 deles as visitas domiciliares já começaram. São 287.516 pessoas, entre crianças e gestantes acompanhadas semanalmente. 

Reportagem, Pamela Santos.