Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Maio > MDS doa 200 toneladas de leite em pó para Apaes de São Paulo

MDS doa 200 toneladas de leite em pó para Apaes de São Paulo

publicado  em 14/05/2018 18h47
Ministério do Desenvolvimento Social doa 200 toneladas de leite em pó para Apaes do Estado de São Paulo

 

LOC: O Ministério do Desenvolvimento Social doou 200 toneladas de leite em pó para a federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) de São Paulo, nesta segunda-feira (14). O convênio vai beneficiar mais de 71 mil crianças e pessoas com deficiência atendidas pelas 305 Apaes do Estado. Foram investidos R$ 2 milhões e 788 mil reais na aquisição do produto. A cerimônia de assinatura, no município de Casa Branca, São Paulo, contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, da secretária executiva, Tatiana Alvarenga, da presidente da Federação das Apaes do Estado de São Paulo, Cristiany de Castro, de representantes das Apaes, autoridades e prefeitos de municípios atendidos. Para o ministro Alberto Beltrame, a doação do leite é uma forma de atender ainda mais as Apaes que prestam um serviço de excelência, além de beneficiar os agricultores familiares que vendem seus produtos para o governo por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA.

SONORA MINISTRO ALBERTO BELTRAME

LOC: A presidente da Federação das Apaes do Estado de São Paulo, Cristiany de Castro, destacou que as Apaes são organizações que trabalham com a assistência social há mais de 60 anos. A doação marca um momento importante, pois irá contribuir para o melhor atendimento às famílias.

SONORA CRISTIANY DE CASTRO

LOC: O leite em pó doado pelo Ministério do Desenvolvimento Social foi adquirido no final do ano passado por meio da modalidade Compra Direta do PAA, que tem por finalidade a sustentação de preços de produtos da agricultura familiar, a fim de garantir estabilidade econômica do pequeno produtor rural. Ao todo, foram investidos R$ 15 milhões para a compra de mil toneladas do produto. A ação beneficiou os agricultores familiares que sofriam com preços baixos causados pela importação excessiva de leite do Uruguai. Além das doações para as Apaes, o leite também será entregue a entidades que prestam serviço de assistência social e promovam o acesso à segurança alimentar e nutricional de seus beneficiários.

REPORTAGEM, DIEGO QUEIJO