Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Junho > Simpósio de compras da agricultura familiar em Marabá

Simpósio de compras da agricultura familiar em Marabá

publicado  em 27/06/2018 13h00
Agência MDS - Release Radio - 27/06/2018 - Simpósio de compras da agricultura familiar em Marabá

 

LOC: Com o objetivo de estimular os agricultores familiares a comercializar seus produtos e promover o acesso à alimentação de boa qualidade, o Ministério do Desenvolvimento Social promove o décimo primeiro Simpósio de Compras de Alimentos da Agricultura Familiar, em Marabá, no Estado do Pará. O evento será nesta quinta-feira, dia 28, e vai reunir representantes de órgão públicos federais, estaduais e municipais, além de cooperativas e pequenos produtores rurais.

O ministério, gestor do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, tem o compromisso de aumentar as compras dos agricultores familiares, como explica a coordenadora geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do órgão, Hétel Santos.

SONORA HÉTEL SANTOS - COORDENADORA GERAL DE AQUISIÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS DO MDS

LOC: A agricultora Vitalina Orneles produz hortaliças, frutas, verduras e legumes no interior de Marabá. Junto a familiares e vizinhos, formou uma cooperativa de agricultores familiares para produzir apenas na região. Como os negócios prosperaram, hoje ela vende para todo o Estado, sendo, inclusive, membro da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Pará. Segundo ela, as compras governamentais trazem mais segurança financeira.

SONORA VITALINA ORNELES- AGRICULTORA FAMILIAR

LOC:Desde abril do ano passado, o Ministério do Desenvolvimento Social promove simpósios como esse por todo o país. E o resultado tem sido o aumento do volume de produtos comercializados entre agricultores familiares e órgãos públicos. A lei determina que, no mínimo, 30% dos alimentos adquiridos pela administração pública federal venham da agricultura familiar. No Estado do Pará, o potencial de compras dos órgãos públicos federais chega a cerca de R$ 60 milhões de reais.//

Reportagem, Roberto Rodrigues