Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Junho > Olhar Social: equipe itinerante realiza busca ativa e leva cidadania a famílias isoladas no Pará

Olhar Social: equipe itinerante realiza busca ativa e leva cidadania a famílias isoladas no Pará

publicado  em 26/06/2018 16h43
Olhar Social: equipe itinerante realiza busca ativa e leva cidadania a famílias isoladas no Pará

 

LOC: É pelo barulho do motor do barco e pelas camisetas do grupo que ribeirinhos isolados do município de Muaná, no Pará, sabem da chegada da equipe itinerante da Assistência Social do município. Há pouco mais de dois anos, ela realiza a busca ativa para encontrar pessoas e comunidades afastadas. Tudo com o objetivo de levar proteção social, garantia de direitos e cidadania a quem realmente precisa. Foi por meio desse trabalho que um dos mais antigos moradores da comunidade do Mato Grande, na Ilha de Marajó, Domingues Contente, começou a ver mudanças para as mais de 80 famílias da região. Ele explica que a chegada do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e do Bolsa Família significou mais do que um complemento de renda, mas um estímulo à qualidade de vida e à busca por desenvolvimento.

Sonora: Domingues Contente

LOC: A equipe do município é formada por 12 pessoas que visitam a região a cada seis meses para falar da importância do cumprimento das condicionalidades e incluir novas famílias no Cadastro Único. Foi em uma dessas viagens que eles encontraram a dona de casa Joice Rodrigues. Mãe de três filhos, ela respondeu às perguntas e preencheu na hora a solicitação para receber o benefício do Bolsa Família. Joice conta o que achou do atendimento./

Sonora: Joice Rodrigues

LOC: De acordo com a assessora técnica da Assistência Social no município, Kewin Pyles, conhecer a realidade de cada família contribui com a realização do serviço, mesmo diante das dificuldades da região.

Sonora: Kewin Pyles

LOC: O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, explica que o trabalho de busca realizado é importante porque o Cadastro Único é a principal porta de entrada para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais como o Bolsa Família, a Tarifa Social de Energia Elétrica, o Programa Minha Casa Minha Vida, entre outros.

Sonora: MInistro Alberto Beltrame

LOC: : Para saber mais sobre ações e programas do Ministério do Desenvolvimento Social, acesse mds.gov.br

Reportagem, Diego Queijo