Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Junho > Criança Feliz é destaque na imprensa internacional

Criança Feliz é destaque na imprensa internacional

publicado  em 29/06/2018 20h00
Agência MDS - Release Radio - 29/06/2018 - Criança Feliz é destaque na imprensa internacional

 

LOC: As orientações sobre os cuidados com as crianças – desde a gestação até os três anos de vida – transmitidas pelos mais de 13 mil visitadores domiciliares do Criança Feliz têm chegado a cada vez mais pessoas. Além das quase 312 mil famílias que estão sendo atendidas pelo programa de desenvolvimento infantil em mais de 2 mil municípios do país, a iniciativa tem ganhado espaço na mídia internacional.

O Criança Feliz foi tema de reportagem no Quartz – agência de notícias digital que conta com a colaboração de jornalistas do mundo todo. A equipe do veículo de comunicação visitou famílias ribeirinhas nos Estados do Amazonas, de Roraima e São Paulo. Eles mostraram o sucesso do programa e destacaram que nenhum país ou cidade conseguiu atingir tantas famílias em tão pouco tempo.

O fortalecimento da rede de atenção à família nas áreas de saúde, educação, justiça e assistência social também foi apontada na matéria. De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, a atenção dispensada pela imprensa internacional ao programa é uma demonstração de que o país está no caminho certo. / O ministro destaca que ainda há muitos desafios pela frente./

SONORA ALBERTO BELTRAME - ministro do Desenvolvimento Social

LOC:Para a diretora do Departamento de atenção à Primeira Infância do MDS, Ely Harasawa, o destaque na mídia internacional contribui para inspirar outros países a investirem no desenvolvimento infantil.

SONORA ELY HARASAWA - diretora do Departamento de atenção à Primeira Infância

LOC:Em abril, o jornal britânico Financial Times, especializado em economia, também publicou uma matéria sobre as visitas domiciliares do Criança Feliz que a equipe de jornalistas acompanhou em Sergipe, na época. A publicação destacou o potencial positivo do investimento na primeira infância.

O público-alvo do Criança Feliz são gestantes e crianças de até 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e aquelas de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Reportagem, Carolina Graziadei