Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Julho > Governo Federal já realizou mais de 700 mil perícias nos auxílios-doença e nas aposentadorias por invalidez

Governo Federal já realizou mais de 700 mil perícias nos auxílios-doença e nas aposentadorias por invalidez

publicado  em 06/07/2018 11h24
Agência MDS - Release Radio - 13/03/2018 - Bolsa Família registra melhor resultado no acompanhamento da condicionalidade de saúde

 

LOC: O processo de revisão dos benefícios de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez do Instituto Nacional de Seguro Social, o INSS, já resultou em uma economia de 9 bilhões e 600 milhões de reais ao Fundo de Previdência./ Isso é consequência do processo de revisão de 764 mil e 500 perícias realizadas desde agosto de 2016./ Desse número, mais de meio milhão somente nos últimos quatro meses, a partir de um aperfeiçoamento na gestão do trabalho dos peritos, o que acelerou o processo./ No período, o INSS realizou 151 mil revisões nos auxílios-doença e anulou 74% deles. Já nas aposentadorias por invalidez foram quase 350 mil perícias com 106 mil cancelamentos./ Eram pessoas que já estavam aptas para o trabalho, mas continuavam recebendo os benefícios indevidamente./

O pente-fino do INSS está convocando pessoas que recebem o auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, mas que não passaram por perícias nos últimos dois anos, como manda a legislação./

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, aperfeiçoar o processo de concessão e manutenção de benefícios por incapacidade é zelar pelo dinheiro do trabalhador brasileiro que contribui para a previdência social e garantir que os recursos cheguem a quem realmente precisa./

SONORA ALBERTO BELTRAME – MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL

LOC: A agilidade nas revisões dos benefícios do INSS foi possível graças à adesão em massa dos médicos peritos ao Programa de Gestão das Atividades Médico Periciais, em que os profissionais são avaliados pelo cumprimento das metas de produtividade, e não pelo número de horas trabalhadas. Para o ministro Beltrame, a adesão dos médicos peritos foi essencial para que o INSS conseguisse atender todos os segurados que foram convocados para o processo de revisão./

SONORA ALBERTO BELTRAME – MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL

LOC: : Ao todo, serão revisados 552 mil auxílios-doença e 1 milhão de aposentadorias por invalidez até o fim de 2018. A economia esperada com o corte de benefícios pagos indevidamente é de R$ 15 bilhões e 700 milhões de reais até o fim do ano nas revisões de auxílio-doença.

Reportagem, Pamela Santos