Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Janeiro > Universidade Federal de Ouro Preto vai comprar R$ 900 mil da agricultura familiar

Universidade Federal de Ouro Preto vai comprar R$ 900 mil da agricultura familiar

publicado  em 30/01/2018 17h35
Agência MDS - Release Radio - 21/11/2017 - Osmar Terra apresenta programa Criança Feliz a prefeitos de Santa Catarina

 

LOC: A Universidade Federal de Ouro Preto, em Minas Gerais, está com uma chamada pública aberta para comprar 900 mil reais em produtos da agricultura familiar. A aquisição será feita por meio da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social.  Frutas, verduras, hortaliças e folhagens serão adquiridas para compor as mais de cinco mil refeições que são servidas nos restaurantes universitários.
 
Esta será a primeira chamada pública que a Folhosas Campo Verde, associação de agricultores familiares do município mineiro de Sarzedo, vai participar. A expectativa de conquistar uma parcela do mercado institucional é alta, como conta o agricultor e presidente da associação, Genaro Maia.
 
SONORA AGRICULTOR GENARO MAIA
 
LOC: Do ponto de vista da universidade, a Compra Institucional é uma importante ferramenta de ensino para os alunos de extensão, além de promover a integração entre a instituição e a comunidade. A nutricionista de Produção dos Restaurantes Universitários de Ouro Preto, Nima Rodrigues, ressalta os benefícios alcançados com as compras realizadas desde 2016.
 
SONORA NUTRICIONISTA NILMA RODRIGUES
 
LOC: Para o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Caio Rocha, a compra dos produtos pelas universidades e outros órgãos públicos contribui para uma alimentação mais saudável e para o desenvolvimento da agricultura familiar.
 
SONORA SECRETÁRIO CAIO ROCHA
 
LOC: As propostas de venda para a Universidade Federal de Ouro Preto devem ser enviadas até o dia 15 de fevereiro.
 
A legislação atual determina que órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta comprem ao menos 30% dos produtos da agricultura familiar. Na modalidade, cada agricultor familiar pode comercializar até R$ 20 mil por ano para cada órgão comprador. Já as cooperativas ou associações, o limite é de R$ 6 milhões por ano, por órgão comprador.
 
Para saber sobre as chamadas públicas abertas em todo o país, é só acessar o portal www.comprasagriculturafamiliar.gov.br.

Reportagem, André Luiz Gomes