Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Janeiro > Inscrição no Cadastro Único garante o acesso de quem recebe o BPC a outros programas sociais

Inscrição no Cadastro Único garante o acesso de quem recebe o BPC a outros programas sociais

publicado  em 26/01/2018 11h03
Agência MDS - Release Radio - 21/11/2017 - Osmar Terra apresenta programa Criança Feliz a prefeitos de Santa Catarina

 

LOC: Garantir o acesso a mais de 20 programas sociais, como Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e o Bolsa Família. Para isso, o Ministério do Desenvolvimento Social convoca as pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada,  o BPC, a se inscreverem no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Até o início deste ano, cerca de 2 milhões e 100 mil beneficiários – entre pessoas com deficiência e idosos acima de 65 anos - ainda não tinham sido cadastradas./ 

O secretário executivo do órgão, Alberto Beltrame, destaca que a ação é importante para a melhoria da gestão dos benefícios ao mesmo tempo que amplia o acesso das famílias pobres às políticas sociais. /

SONORA ALBERTO BELTRAME - SECRETÁRIO-EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL

LOC: Os idosos acima de 65 anos e as pessoas com deficiência que recebem o benefício devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social, os Cras, ou a secretaria de assistência social do município.  Caso o beneficiário tenha alguma dificuldade de deslocamento, a inscrição pode ser feita pelo responsável familiar que deve levar o CPF de todas as pessoas que moram com o beneficiário e outros documentos pessoais, como o RG e comprovante de residência./

Atualmente, mais de 4 milhões e meio de pessoas recebem o BPC em todo o país. Já o Cadastro Único reúne informações sociais e econômicas de quase 28 milhões de famílias. Estão cadastradas famílias com rendas per capita de até meio salário mínimo ou renda total familiar de até três salários mínimos.//

Reportagem, André Luiz Gomes