Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Fevereiro > Osmar Terra defende inclusão do Brasil entre pioneiros pela erradicação da violência infantil

Osmar Terra defende inclusão do Brasil entre pioneiros pela erradicação da violência infantil

publicado  em 15/02/2018 17h39
Agência MDS - Release Radio - 21/11/2017 - Osmar Terra apresenta programa Criança Feliz a prefeitos de Santa Catarina

 

LOC: O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, defendeu nesta quinta-feira a inclusão do Brasil entre os países pioneiros na parceria pela erradicação da violência infantil. A proposta foi apresentada durante o encontro da Cúpula Agenda 2030, que reúne representantes de mais de 20 países em Estocolmo, na Suécia, para debater ações de proteção às crianças.

Segundo o ministro, o governo brasileiro, por meio dos ministérios do Desenvolvimento Social e dos Direitos Humanos, considera estratégico o ingresso do Brasil na parceria global para a superação da violência contra crianças e adolescentes.

SONORA: OSMAR TERRA

LOC: O ministro Osmar Terra também participou das conversas de líderes e de uma reunião com a ministra das Crianças, da Terceira Idade e da Igualdade de Gênero da Suécia, Asa Regnér, acompanhado do embaixador do Brasil na Suécia, Marcos Vinicius Pinta Gama.

A proposta de inclusão do Brasil entre os países pioneiros na erradicação da violência infantil ainda será avaliada por uma comissão, mas foi vista de forma positiva pela ministra sueca. Asa Regnér destacou o papel do Brasil no combate à violência infantil, além da importância de parcerias para acelerar a implementação de ações efetivas e o investimento em programas de atenção às famílias.

SONORA: ASA REGNÉR

LOC: De acordo com Osmar Terra, o Programa Criança Feliz é um exemplo das ações desenvolvidas pelo governo federal para acompanhar e orientar as famílias. Além de estimular o desenvolvimento da criança, ele também atua na prevenção da violência. No encontro, o ministro também ressaltou outros avanços realizados no país, como o Marco Legal da Primeira Infância, em 2016, e a lei de 2014 contra castigos corporais.

SONORA: OSMAR TERRA

LOC: Ao longo de dois dias, a reunião da Cúpula Agenda 2030 na Suécia debateu estratégias e soluções para acabar com a violência contra crianças. Já em março, as atenções sobre o desenvolvimento infantil estarão voltadas ao Brasil. Nos dias 20 e 21, São Paulo irá sediar uma conferência internacional sobre primeira infância, organizada pelo governo brasileiro. O objetivo é discutir com líderes mundiais das mais diversas áreas ações para promover o desenvolvimento integral na primeira infância.

Reportagem, Diego Queijo