Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Dezembro > Bolsa Família vai repassar R$ 2,6 bilhões aos beneficiários em dezembro

Bolsa Família vai repassar R$ 2,6 bilhões aos beneficiários em dezembro

publicado  em 10/12/2018 15h13
Agência MDS - Release Radio - 10/12/2018 - Bolsa Família vai repassar R$ 2,6 bilhões <br /> aos beneficiários em dezembro

 

LOC: O pagamento do Bolsa Família de dezembro começa nesta segunda-feira, dia 10. Mais de 2 bilhões e 600 milhões de reais serão repassados para 14 milhões e 142 mil famílias em todo o Brasil. Desde agosto de 2017, todas os inscritos no Cadastro Único que se enquadram no perfil para receber o benefício não aguardam em uma fila de espera. Este mês, 574 mil novas famílias passarão a receber o recurso, no valor médio de 186,72 reais.

Os beneficiários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia, e assim por diante. O NIS é o número impresso no cartão do programa. O pagamento de dezembro foi antecipado para que os beneficiários possam receber o dinheiro antes das festas de fim de ano.

E é com os 130 reais que recebe do programa que a dona de casa Shirley da Silva Pereira garante que nada vá faltar ao filho Ruan Miguel Santos, de 1 ano e 4 meses. Antes de receber o benefício, era como diarista que ela sustentava a casa. Com o nascimento de Ruan, ela parou de trabalhar e o Bolsa se tornou a única renda da família.

SONORA Shirley da Silva Pereira – dona de casa

LOC:O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, destaca que em 2018 a gestão do Bolsa Família foi aperfeiçoada. Em julho, um reajuste de 5,67 por cento foi concedido pelo presidente da República, Michel Temer. Dois anos antes, outro reajuste de 12,5% ajudou a ampliar o poder de compra dos beneficiários. Além disso, houve um melhor direcionamento dos recursos públicos. O cruzamento mensal das informações dos beneficiários com outras bases de dados permitiu identificar pessoas que ganhavam irregularmente o Bolsa Família. Quem tinha renda maior do que a permitida pelas regras do programa deixou de receber, o que possibilitou a inclusão de novos beneficiários e o zeramento da fila de espera.

Ainda de acordo com Beltrame, o Ministério do Desenvolvimento Social deixará um legado no Bolsa Família para o próximo governo.

SONORA Alberto Beltrame - ministro do Desenvolvimento Social

LOC:O Bolsa Família é voltado às famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e que tenham renda mensal por pessoa de até R$ 89, além daquelas com renda familiar mensal de até R$ 178 por pessoa, desde que tenham gestantes, crianças ou adolescentes.

Para saber mais, acesse a página oficial no endereço facebook.com/bolsafamília.

Reportagem, Carolina Graziadei