Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2018 > Abril > Exército abre chamada pública para compra de R$ 214 mil em produtos da agricultura familiar do RN

Exército abre chamada pública para compra de R$ 214 mil em produtos da agricultura familiar do RN

publicado  em 04/04/2018 17h38
Agência MDS - Release Radio - 13/03/2018 - Bolsa Família registra melhor resultado no acompanhamento da condicionalidade de saúde

 

LOC: Agricultores familiares do Rio Grande do Norte têm a oportunidade de vender seus produtos para o Exército brasileiro. O 16º Batalhão de Infantaria Motorizado, do Exército em Natal, abriu chamada pública para a compra de mais de 70 produtos entre frutas, verduras, sucos, legumes, mel e queijo. As aquisições serão feitas por meio da Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Um investimento de 214 mil reais./

A Cooperativa Potiguar de Apicultura e Desenvolvimento Rural Sustentável de Apodi, do Rio Grande do Norte, já está se preparando para a chamada pública. Para o presidente, Francisco Marto de Lima e Souza, o PAA é uma segurança para o agricultor familiar, uma vez que ele tem certeza da compra dos produtos e do pagamento./

SONORA FRANCISCO MARTO DE LIMA E SOUZA

LOC: O Programa de Aquisição de Alimentos garante segurança aos agricultores familiares com a compra dos alimentos a um preço justo, o que gera renda para as famílias. Para o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a Compra Institucional ajuda no combate à pobreza no campo, dando oportunidade aos pequenos produtores de plantar mais, escoar a produção e a se manter na propriedade./

SONORA MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL - OSMAR TERRA

LOC: O prazo para o envio das propostas e a entrega dos documentos vai até o dia 11 de abril. A legislação determina que pelo mesmo 30% dos alimentos adquiridos para abastecer órgãos públicos venham da agricultura familiar. Para saber mais sobre as chamadas públicas abertas em todo o país, é só acessar o portal www.comprasagriculturafamiliar.gov.br.//

Reportagem, Pamela Santos