Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Setembro > MDS promove troca de experiências sobre Programa de Aquisição de Alimentos

MDS promove troca de experiências sobre Programa de Aquisição de Alimentos

publicado  em 11/09/2017 19h30

Agência MDS - Release Radio - 11/09/2017 - MDS promove troca de experiências sobre Programa de Aquisição de Alimentos

 

LOC: Enfrentar a pobreza, fortalecer os agricultores familiares e promover o acesso à alimentação adequada./ Esses são os objetivos do Programa de Aquisição de Alimentos, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social./ E foi para aperfeiçoar as ações do programa que o ministério reuniu gestores do PAA de 20 Estados nesta segunda-feira, em Brasília./ Os participantes trocaram informações sobre a modalidade Compra com Doação Simultânea do PAA./ Até terça-feira, eles também vão conhecer experiências de sucesso da agricultura familiar em cada região e como o programa contribui para melhorar a economia deste locais./ O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social, Caio Rocha, destaca que a troca de experiência entre os Estados é uma maneira de ampliar os resultados do PAA./ O secretário também ressaltou os ganhos que os agricultores familiares vem tendo com o aumento da demanda a partir da adesão ao programa./

Sonora secretário Caio Rocha


LOC: Para o coordenador do PAA do Paraná, Leonel Martins o intercâmbio entre gestores é fundamental./ O Paraná tem bons resultados com o PAA, tanto que o governo estadual já avalia o lançamento de um programa próprio de compra direta dos produtores rurais, criando oportunidades para as famílias de produtores e melhorando a qualidade da merenda na rede pública de ensino./

Sonora Leonel Martins


LOC: Na Compra com Doação Simultânea, os produtos adquiridos dos agricultores familiares são doados às pessoas em insegurança alimentar, por meio da rede socioassistencial, restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos e da rede pública e filantrópica de ensino. Nesta modalidade, o pagamento é feito pelo Ministério do Desenvolvimento Social diretamente ao agricultor familiar por meio de um cartão bancário próprio./ Podem participar agricultores familiares ou cooperativas que possuam a declaração de aptidão ao Pronaf./

Reportagem, Juline Pogorzelski