Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Setembro > Centro-Dia: municípios garantem atenção às crianças com microcefalia

Centro-Dia: municípios garantem atenção às crianças com microcefalia

publicado  em 27/09/2017 13h40
Agência MDS - Release Radio - 27/09/2017 - Centro-Dia: municípios garantem atenção às crianças com microcefalia

 

LOC: Garantir atenção às famílias e às crianças de até 6 anos com microcefalia e doenças associadas./ Esse é o objetivo do governo federal ao implementar os Centros-Dia de atendimento especializado./ Para traçar metas de funcionamento das unidades, o Ministério do Desenvolvimento Social realizou, nesta terça-feira, em Brasília, uma oficina para orientar os conselheiros e gestores de assistência social./ A iniciativa de criar esse atendimento especializado partiu do ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. Segundo ele, é uma forma de minimizar os impactos sociais causados pela epidemia de Zika, que ocorreu entre 2015 e 2016.

Sonora Osmar Terra - Ministro do Desenvolvimento Social


LOC: Os Centros-Dia trabalharão de forma integrada, oferecendo atendimento de saúde e creche. Isso vai possibilitar que as mães deixem os seus filhos sob os cuidados especializados durante período integral e possam trabalhar./ As unidades serão instaladas nos municípios com maior incidência do vírus Zika e que aderiram ao cofinanciamento federal, são eles: Teresina, no Piauí./ São Luiz, Maranhão./ Cuiabá, Mato Grosso./ Campo Grande, Mato Grosso do Sul./Salvador, Bahia./ Ribeirão Preto, São Paulo./ Arapiraca, Alagoas./ Campina Grande e João Pessoa, na Paraíba, além do Estado do Rio Grande do Norte./Em Salvador, foram 219 casos confirmados. Após o surto, o município passou a trabalhar de forma articulada com a assistência social, a saúde e a educação para realizar o atendimento às famílias. Para a subsecretária de Assistência Social da capital baiana, Lilian Almeida, a implementação dos Centros-Dia vai amenizar sequelas e amparar as crianças e famílias.

Sonora Lilian Almeida - subsecretária de Assistência Social - Salvador-BA


LOC: O MDS já repassou R$ 2,4 milhões aos nove municípios que contarão com os Centros-Dia para as crianças com microcefalia. O dinheiro será usado nas despesas iniciais da implementação do serviço. As unidades vão funcionar cinco dias por semana para oferecer um conjunto de atividades de cuidados básicos, realizadas por profissionais especializados. A expectativa é que mais de 150 pessoas sejam atendidas diariamente em cada centro./ A prioridade de atendimento é para crianças de 0 a 6 anos com microcefalia e deficiências associadas e suas famílias. //

Reportagem, Juline Pogorzelski