Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Outubro > Na Câmara, Osmar Terra destaca aprimoramento da gestão e afirma que programas sociais serão mantidos e fortalecidos

Na Câmara, Osmar Terra destaca aprimoramento da gestão e afirma que programas sociais serão mantidos e fortalecidos

publicado  em 31/10/2017 17h05

Agência MDS - Release Radio - 31/10/2017 - Na Câmara, Osmar Terra destaca aprimoramento da gestão e afirma que programas sociais serão mantidos e fortalecidos

 

LOC: Em audiência pública nesta terça-feira na Câmara dos Deputados, em Brasília, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, destacou o aprimoramento da gestão dos benefícios e afirmou que os programas sociais serão mantidos e fortalecidos. Convocado pelos parlamentares para esclarecer dúvidas sobre o Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, o ministro apontou que a revisão dos benefícios de auxílio-doença já proporcionou uma economia anual de 4 bilhões e meio de reais e que, para 2018, a previsão é poupar 15 bilhões de reais.

Osmar Terra falou ainda sobre o pente-fino que o Ministério do Desenvolvimento Social está realizando todos os meses no Programa Bolsa Família - a partir de um cruzamento de dados com diversas bases de informações do governo federal. Com isso, 4 milhões e 400 mil pessoas que recebiam o benefício indevidamente tiveram o recurso cancelado, abrindo espaço para quem realmente precisa do complemento de renda. A fila de espera do benefício já foi zerada cinco vezes este ano, algo inédito até então./

Sonora MINISTRO OSMAR TERRA


LOC: O deputado federal Darcisio Perondi elogiou o empenho da pasta em relação ao gerenciamento dos benefícios sociais.

Sonora DEPUTADO DARCISIO PERONDI


LOC: Durante a audiência, o ministro do Desenvolvimento Social também destacou que o orçamento da área será mantido para 2018. Terra ainda ressaltou a importância de promover ações complementares para que as famílias de baixa renda tenham mais qualidade de vida, como o Programa Criança Feliz e o Plano Progredir. Ele informou que, até o momento, 2.615 municípios aderiram ao Criança Feliz e que o programa já atendeu mais de 84 mil pessoas - entre crianças e gestantes – em mais de mil municípios. Técnicos capacitados estão orientando os pais sobre a maneira adequada de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente nos primeiros mil dias de vida. A intenção é fazer com que as crianças cheguem à escola com melhores condições de aprendizado e tenham mais oportunidades para vencer a pobreza.

Já por meio do Plano Progredir, o governo federal quer dar mais autonomia para as famílias de baixa renda. Para isso, vai incentivar o empreendedorismo, oferecer cursos de qualificação profissional e facilitar o acesso ao mercado de trabalho.

Reportagem, André Luiz Gomes