Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Outubro > Educação financeira de beneficiários do Bolsa Família do Plano Progredir é apresentada em Brasília

Educação financeira de beneficiários do Bolsa Família do Plano Progredir é apresentada em Brasília

publicado  em 18/10/2017 12h29

Agência MDS - Release Radio - 25/01/2017

 

LOC: Garantir educação financeira para cerca de 100 mil famílias do Programa Bolsa Família para que possam garantir autonomia e melhorar de vida. Esta é uma das estratégias do Plano Progredir, que surgiu a partir de uma inovação do Ministério do Desenvolvimento Social ao adotar as ciências comportamentais na elaboração da política pública.

Durante a 3ª Semana de Inovação em Gestão Pública, a diretora de Benefícios do Ministério do Desenvolvimento Social, Caroline Paranayba, apresentou os resultados de um projeto que avaliou o impacto da educação financeira com cerca de 3 mil beneficiárias.

De acordo com Caroline Paranayba, após as oficinas de educação financeira, o resultado é que as famílias quase triplicaram o conhecimento financeiro que auxilia na melhor tomada de decisões na hora de utilizar o dinheiro. Além disso, a ação aumentou em mais de 50% a capacidade de poupar algum recurso.

SONORA: CAROLINE PARANAYBA
 “De fato conseguimos alterar o comportamento das pessoas. Queremos que elas tenham uma plataforma para mudar a sua condição de vida. [...] Então temos que criar outras plataformas.

LOC: Antes de aplicar o projeto de educação financeira para as famílias, os técnicos do Ministério acompanharam cerca de 80 famílias para entender o perfil psicológico e o processo de tomada de decisão. Segundo a diretora, a inovação do Ministério foi repensar a política pública apoiada na experiência dos beneficiários. A previsão é de que a iniciativa de educação financeira para beneficiários do Bolsa Família comece a ser ministrada a partir de fevereiro de 2018.

A educação financeira dos beneficiários do Bolsa Família é um dos pilares do Plano Progredir, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Além da ação, cursos de qualificação profissional, assistência técnica e ações de inclusão digital são estratégias do Progredir. Também serão ofertados até 3 bilhões de reais por ano em microcrédito, por meio de parcerias com instituições financeiras, para fortalecer pequenos negócios.

Reportagem, André Luiz Gomes