Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Novembro > Exército e Aeronáutica estão com chamadas públicas abertas para aquisição de alimentos

Exército e Aeronáutica estão com chamadas públicas abertas para aquisição de alimentos

publicado  em 13/11/2017 16h30
Agência MDS - Release Radio - 25/01/2017

 

LOC: O Exército e a Aeronáutica vão investir dois milhões de reais na compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar. As oportunidades de negócios são  para os pequenos produtores  de Rondônia, Bahia e Roraima. As aquisições serão feitas pela modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. A notícia já esta mobilizando os produtores de Rondônia, especialmente os cooperados. A Vitalina Orneles, que produz frutas, legumes e farinha lá no interior de Porto Velho, diz que os agricultores estão se organizando para aproveitar a oportunidade.

SONORA: Vitalina Orneles- Agricultora familiar de Rondônia

LOC: Em Rondônia, a chamada é do Grupamento de Apoio de Porto Velho, da  Aeronáutica, que vai investir um milhão de reais na compra de frutas, legumes, queijos, arroz, café, carnes, farinha, feijão, ovos e frangos. Já o Grupamento de Apoio de Salvador, na Bahia, vai comprar itens como frutas, legumes,  carnes e café, no valor total de 684 mil reais. Em Roraima, o Sexto Batalhão de Engenharia de Construção do Exército vai investir 346 mil reais. O tenente Takehara, do Grupamento de Apoio de Porto Velho, afirma que o programa contribui para o desenvolvimento local  e fornece alimentação saudável aos militares.
 
SONORA: Tenente Takehara- Grupamento de Apoio de Porto Velho

LOC: Segundo a coordenadora-geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério do Desenvolvimento Social, Hetel Santos, o governo está trabalhando para assegurar o fortalecimento da agricultura familiar, gerando renda e inclusão social.

SONORA: Hetel Santos- Coordenadora-geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do MDS

LOC: O prazo para o envio das propostas e dos documentos de habilitação vai até o dia 17 na Bahia. Já em Rondônia é até o dia 21 e em Roraima até o dia 22  deste mês. A legislação determina que pelo menos 30% dos alimentos adquiridos para abastecer órgãos públicos  venham da agricultura familiar. Para saber mais sobre as chamadas públicas abertas no país é só acessar o portal www.comprasagriculturafamiliar.gov.br.

Reportagem: Roberto Rodrigues