Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Março > Rio de Janeiro é o mais novo estado a lançar oficialmente o Programa Criança Feliz

Rio de Janeiro é o mais novo estado a lançar oficialmente o Programa Criança Feliz

publicado  em 13/03/2017 18h24


LOC: O Rio de Janeiro oficializou nesta segunda-feira a adesão ao Criança Feliz./ O Estado é o sexto a formalizar o ingresso no programa./ Além do governo estadual, 54 municípios fluminenses também já aderiram./ Juntos, eles somam 23 mil 850 famílias que serão beneficiadas nesta primeira fase do programa./ A cerimônia de lançamento ocorreu no Palácio Guanabara, com a presença do governador Luiz Fernando Pezão, da primeira-dama Maria Lúcia Jardim, secretários, parlamentares, prefeitos e trabalhadores da rede de assistência social./ Na ocasião, o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, fez uma palestra apresentando as razões científicas para investir na primeira infância e as ações que serão realizadas./ Terra destacou que o Criança Feliz será, em pouco tempo, o principal programa social do país./ A iniciativa tem foco nos primeiros mil dias de vida como uma forma de promover a superação da pobreza./

TEC SONORA OSMAR TERRA

LOC: O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, disse ter certeza que o programa vai contribuir para o enfrentamento à pobreza e à violência./

TEC SONORA LUIZ FERNANDO PEZÃO

LOC: Outros 5 estados já formalizaram o ingresso no programa: Amapá, Paraíba, Rio Grande do Norte, Tocantins e São Paulo./ Ao todo, com as adesões, 625 municípios e mais de 139 mil famílias serão beneficiados./ Na última sexta-feira, foi a vez de São Paulo fazer o lançamento do programa./ Para o governador Geraldo Alckmin, o cuidado com as crianças está entre as ações mais importantes de um governo./

TEC SONORA GERALDO ALCKMIN

LOC: Em todo o país, 2.529 municípios já aderiram ao Criança Feliz./ O programa terá como ponto central a visitação domiciliar./ Técnicos capacitados irão até as casas das famílias para mostrar aos pais a maneira correta de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente nos primeiros mil dias de vida da criança./ Pesquisas mostram que crianças bem cuidadas chegam à escola com melhores condições de aprendizado, estudam mais, são menos violentas e têm melhores condições de vencer a pobreza./ Serão acompanhadas pelo programa as crianças beneficiárias do Bolsa Família e aquelas que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC./

Reportagem, Rodrigo Saccone