Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Março > Osmar Terra lança Criança Feliz na Paraíba e no Rio Grande do Norte

Osmar Terra lança Criança Feliz na Paraíba e no Rio Grande do Norte

publicado  em 08/03/2017 14h00

Documento sem título


 

LOC: Paraíba e Rio Grande do Norte são dois novos estados que formalizaram a adesão ao Criança Feliz nesta quarta-feira./ O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, participou das cerimônias em Natal e João Pessoa./ Osmar Terra destacou a importância dos governos estaduais e municipais apoiarem a implementação do Criança Feliz, oferecendo melhores oportunidades de desenvolvimento para as suas crianças.//

TEC SONORA OSMAR TERRA

LOC: No Rio Grande do Norte, 127 municípios já aderiram ao programa. Com isso, cerca de 18 mil famílias do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada devem ser atendidas./ O governador potiguar, Robinson de Faria, afirmou que o Estado já possui um software que facilitará a localização das famílias que podem ser inseridas no programa.//

TEC SONORA ROBINSON DE FARIA - GOVERNADOR DO RIO GRANDE DO NORTE

LOC: Já na Paraíba, serão atendidas cerca de 20 mil famílias em 170 municípios./ O Estado foi um dos mais atingidos pela epidemia de Zika./ O Programa Criança Feliz vai realizar ações específicas para estimular o desenvolvimento e reduzir os danos causados pela microcefalia por Zika./ A vice-governadora do estado, Lígia Feliciano, foi quem assinou a adesão./ Ela destacou que o governo da Paraíba vai se empenhar no programa, principalmente na qualificação dos profissionais, para que a iniciativa alcance os melhores resultados.//

TEC SONORA LIGIA FELICIANO - VICE-GORVENADORA DA PARAÍBA

LOC: Em todo o país, 2.469 municípios aderiram ao Criança Feliz./ O programa terá como ponto central a visitação domiciliar./ Técnicos capacitados irão até as casas das famílias para mostrar aos pais a maneira correta de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente, nos primeiros mil dias de vida da criança./ Pesquisas mostram que crianças bem cuidadas chegam à escola com melhores condições de aprendizado, estudam mais, são menos violentas e têm mais condições de vencer a pobreza./ Serão acompanhadas as crianças beneficiárias do Bolsa Família e aquelas que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC./ /

Reportagem, , Carolina Graziadei