Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Março > MDSA repassa R$ 8,5 milhões a agricultores familiares de Alagoas

MDSA repassa R$ 8,5 milhões a agricultores familiares de Alagoas

publicado  em 06/03/2017 13h00
Agência MDS - Release Radio - 25/01/2017

 

Loc:Quem produz leite muitas vezes sofre com as variações no preço do produto./ Nem sempre dá pra garantir uma boa renda./ Esta era a situação do seu Hélio Costa, produtor lá no interior de Alagoas, do município de Major Izidoro./ A situação do seu Hélio mudou quando ele começou a vender a produção para o Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade Compra e Incentivo à Produção e Consumo de Leite./ Esta ação do governo federal garante preço justo ao produtor e ainda distribui leite para as famílias mais pobres, garantindo uma alimentação saudável principalmente para crianças e idosos./ O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário acaba de repassar 8 milhões e quinhentos mil reais que vão beneficiar 6.361 agricultores familiares./ O seu Hélio Costa conta que, além de melhorar a renda em 40 por cento, o programa também é motivo de orgulho. Saber que o seu produto chega a quem realmente precisa é gratificante.//
 
Sonora: Hélio Soares Costa – agricultor familiar 
 
Loc: Todo o leite que é comprado nesta modalidade é distribuído gratuitamente para as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social./ Em Alagoas, o programa está atendendo mais de 71 mil famílias de baixa renda e 272 entidades de assistência social./ O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Caio Rocha, destaca a importância do PAA para garantir uma alimentação adequada às pessoas mais pobres.//
 
Sonora: Caio Rocha - secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional
 
Loc: Para participar, o agricultor familiar deve ter a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, o Pronaf, respeitar o limite de venda de 100 litros por dia por produtor e ter comprovante de vacinação dos animais.// 
 
De Brasília, Carolina Graziadei