Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Março > MDSA reforça ações para o enfrentamento da obesidade infantil

MDSA reforça ações para o enfrentamento da obesidade infantil

publicado  em 15/03/2017 19h09


 

LOC: A cada três crianças brasileiras uma está acima do peso./ Em toda a América Latina, mais de 4 milhões estão obesas./ Os dados são alarmantes e foram apresentados no Encontro Regional para o Enfrentamento da Obesidade Infantil, promovido pela Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, a FAO, e Ministério da Saúde./ No encontro foram debatidas as ações que são desenvolvidas para o enfrentamento do sobrepeso e da obesidade infantil na América Latina./ Representantes de 12 países participaram das discussões.

O evento destacou como uma das principais causas para os índices crescentes de obesidade e sobrepeso o consumo cada vez maior de alimentos processados, principalmente pela população mais pobre./ A falta de variedade na dieta e o baixo consumo de alimentos in natura provocam o ganho de peso, além de problemas nutricionais./ Uma das ações realizadas pelo governo federal para tentar reverter este processo é o Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA./ Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o programa compra alimentos produzidos por agricultores familiares e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial e em creches e escolas./ Além de estimular a permanência do produtor no campo, a ação leva alimento de qualidade às pessoas mais vulneráveis./ O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Caio Rocha, destacou que as ações do governo federal buscam garantir o acesso dessas pessoas a uma alimentação mais saudável./

TEC SONORA CAIO ROCHA – SECRETÁRIO NACIONAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

LOC: Para o diretor do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial das Nações Unidas, Daniel Balaban, o incentivo à agricultura familiar é uma das maneiras de combater a obesidade infantil./

TEC SONORA DANIEL BALABAN – DIRETOR DO PROGRAMA MUNDIAL DE ALIMENTOS NO BRASIL

LOC: O Encontro Regional para o Enfrentamento da Obesidade Infantil acontece até esta quinta-feira em Brasília e faz parte da implementação da Década de Ação das Nações Unidas para a Nutrição, que tem o objetivo de incentivar a população a consumir alimentos mais saudáveis, prevenindo doenças e a obesidade infantil./ O Brasil é um dos principais apoiadores da agenda de nutrição adotada pela Organização das Nações Unidas e assumiu como compromissos, até 2019, deter o crescimento da obesidade na população adulta por meio de políticas intersetoriais de saúde e segurança alimentar e nutricional; reduzir o consumo regular de refrigerante e suco artificial em pelo menos 30% na população adulta e ampliar o percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente. /

Reportagem, Rodrigo Saccone