Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Maio > MDSA e universidades vão fazer parceria no Criança Feliz

MDSA e universidades vão fazer parceria no Criança Feliz

publicado  em 03/05/2017 20h17
MDSA e universidades vão fazer parceria no Criança Feliz


 

LOC: Reitores de universidades de todo o Brasil se comprometeram a colaborar com a implementação do Programa Criança Feliz./ A proposta de uma parceria foi feita pelo ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, durante a reunião plenária do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, o Crub./ Com cinquenta anos de atuação, o conselho representa hoje 133 instituições de ensino.//

Para o ministro, o meio acadêmico tem muito a contribuir com o desenvolvimento infantil./ Segundo ele, é preciso criar cursos superiores que se dediquem ao estudo da primeira infância./ Estudantes de diversas áreas, como Medicina, Psicologia e Pedagogia, poderiam obter experiência profissional como visitadores domiciliares ou multiplicadores do Criança Feliz./ Outra proposta é a de utilizar o espaço físico das universidades para promover cursos e capacitações regionais voltadas a quem atua no programa.//

TEC SONORA: OSMAR TERRA

LOC: Terra destacou que crianças corretamente estimuladas nos primeiros mil dias de vida têm mais condições de desenvolver suas habilidades e competências, o que significa uma vida escolar mais próspera, profissões melhores e aumento da qualidade de vida no futuro./ O ex-presidente do conselho e reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Wolmir Amado, se comprometeu a trabalhar pelo sucesso do Criança Feliz:

TEC SONORA: SONORA REITOR WOLMIR AMADO, EX-PRESIDENTE DO CRUB E REITOR DA PUC-GO

LOC: O presidente do Conselho de Reitores, Benedito Aguiar Neto, considerou desafiadora a missão de ajudar na melhoria de vida de milhares de crianças, e assumiu a responsabilidade de fazer a mediação entre o governo federal e as instituições de ensino:

TEC SONORA: PRESIDENTE DO CRUB, REITOR BENEDITO AGUIAR NETO

LOC: O Criança Feliz irá beneficiar quatro milhões de crianças, entre meninos e meninas de até três anos beneficiários do Bolsa Família, e também crianças de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC./ 2.547 cidades brasileiras já formalizaram a participação no programa./ O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário estuda abrir um novo prazo de adesão à iniciativa./

Reportagem, Mariana Moreira