Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Maio > Criança Feliz: multiplicadores aprendem na prática técnicas de desenvolvimento infantil

Criança Feliz: multiplicadores aprendem na prática técnicas de desenvolvimento infantil

publicado  em 16/05/2017 18h00

Criança Feliz: multiplicadores aprendem na prática técnicas de desenvolvimento infantil


 

LOC: A Thauany Barbosa, de 20 anos, é mãe do Rian, de apenas 4 meses. Ele nasceu prematuro e foi diagnosticado logo após o nascimento com uma lesão cerebral. Nesta terça-feira, no Hospital da Criança de Brasília, a mãe recebeu orientações dos multiplicadores do Programa Criança Feliz sobre como estimular o filho para que ele se desenvolva da melhor maneira possível./ Thauany disse que vai seguir as orientações e continuar estimulando o desenvolvimento do filho./

TEC SONORA - THAUANY BARBOSA

LOC: O atendimento no hospital faz parte da capacitação prática dos multiplicadores do Criança Feliz, promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário./ O curso está sendo ministrado pela doutora Jane Ellen Lucas, da Universidade de Nova Iorque. Ela apresentou técnicas de estimulação para diferentes idades e situações usando brincadeiras com objetos que todos têm em casa, como vasilhas, garrafas e copos de plástico. Os pais também foram incentivados a participarem da atividade. A doutora destacou [inicia BG] que o conteúdo mais importante que os multiplicadores devem aprender neste contato com as crianças é descobrir a melhor atividade a ser utilizada e o resultado que deve ser alcançado com a ação.

TEC SONORA JANE LUCAS

LOC: A assistente social do Estado Rio de Janeiro, Ana Lúcia Guimarães, destacou a importância do trabalho de abordagem para as famílias. Ela acha que o Criança Feliz irá fortalecer a Proteção Social à população mais vulnerável.

TEC SONORA ANA LÚCIA GUIMARÃES

LOC: A capacitação para os multiplicadores do Criança Feliz segue até sábado. Estes profissionais terão o papel de treinar e orientar o trabalho dos supervisores e dos visitadores que irão todas as semanas até a casa das famílias para mostrar aos pais a melhor maneira de estimular os filhos.

Até agora, 2.547 municípios já aderiram ao Criança Feliz./ O programa irá acompanhar os filhos de beneficiários do Bolsa Família desde a gestação até os 3 anos de idade./ As crianças que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC, serão acompanhadas até os 6 anos.

Reportagem, André Luiz Gomes