Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Junho > Governo e RJ elaboram Plano Emergencial de Ações Sociais para Enfrentamento da Violência

Governo e RJ elaboram Plano Emergencial de Ações Sociais para Enfrentamento da Violência

publicado  em 28/06/2017 21h39
Governo Federal e estado do Rio de Janeiro elaboram Plano Emergencial de Ações Sociais para Enfrentamento da Violência


 

LOC: Os governos federal e do Rio de Janeiro realizaram, nesta quarta-feira, mais uma etapa do planejamento das ações emergenciais na área social para o enfrentamento da violência no estado./ As medidas vão complementar a atuação policial de repressão ao tráfico e à criminalidade./ A reunião no Palácio Guanabara, sede do governo fluminense, foi coordenada pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e contou com a participação de representantes dos ministérios da Saúde, Educação, Justiça, Gabinete de Segurança Institucional, secretarias do estado e do município./ A intenção é retomar o controle de áreas hoje dominadas por facções criminosas e, logo após as ações policiais e de segurança, levar serviços públicos e programas sociais para as populações mais vulneráveis./ Estão previstas iniciativas como o estímulo à participação dos jovens em atividades extra-curriculares no turno inverso à escola./

O ministro Osmar Terra coordena os esforços do governo federal na área social./ Ele afirma que é preciso regastar a cidadania e dar alternativas, principalmente, para os mais jovens./

TEC SONORA - Osmar Terra - ministro do Desenvolvimento Social

LOC: As medidas elaboradas em conjunto pelos governos federal, do estado e do município têm como ponto central o resgate da cidadania e a criação de alternativas que promovam a inclusão social./ Para o secretário de estado da Casa Civil, Christino Áureo, a atuação policial em conjunto com a qualificação dos serviços públicos nas áreas mais violentas vai significar um avanço na luta contra a criminalidade no Rio./

TEC SONORA Christino Áureo - secretário de estado da Casa Civil

LOC: O ministro Osmar Terra e equipe também estiveram no Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social, BNDES, para negociar a criação de oportunidades e o estímulo à inclusão produtiva, capacitação profissional e geração de renda, principalmente, para os jovens mais vulneráveis. /

Reportagem, Carolina Graziadei