Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Janeiro > INSS: Pente-fino recomeça na próxima segunda-feira (16)

INSS: Pente-fino recomeça na próxima segunda-feira (16)

publicado  em 09/01/2017 00h00

LOC: A revisão do benefício de auxílio-doença, concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), irá recomeçar na próxima segunda-feira, dia 16. A retomada do pente-fino foi autorizada por meio de medida provisória publicada no Diário Oficial da União. 
A partir da próxima semana, os peritos do INSS voltam a reavaliar as pessoas que recebem o auxílio-doença, mas não passaram pela avaliação há mais de dois anos. 
Até o momento, o pente-fino já gerou uma economia de 220 milhões de reais para o Fundo da Previdência com a realização de quase 21 mil perícias. Desse total, 80% dos auxílios-doença estavam sendo pagos de forma indevida e foram cessados na data do exame. 

O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Alberto Beltrame, explica quais os próximos passos no processo de revisão e afirma que a ação promove uma melhor gestão dos recursos públicos. 

TEC SONORA ALBERTO BELTRAME 
O objetivo principal é melhorar a governança e gestão da concessão e manutenção desses benefícios, gerando uma economia para a poupança dos trabalhadores e empregadores e destinando esses recursos para quem realmente precisa deles. Os próximos passos que nós temos que dar é fazer um levantamento completo dos dados daqueles beneficiários que terão o seu benefício revisado e preparar um novo agendamento que vamos fazer para a realização das perícias, que começarão a partir do dia 16 de janeiro. 

LOC: Alberto Beltrame reforçou que a revisão dos benefícios é mais uma iniciativa do governo federal para melhorar a aplicação dos recursos públicos e direcionar os benefícios para quem realmente precisa. 
Em uma segunda etapa serão chamados para revisão os beneficiários da aposentadoria por invalidez. 
De acordo com o último levantamento, o governo deve chamar pelo menos 1 milhão e setecentos mil segurados da aposentadoria por invalidez e do auxílio-doença. A estimativa é de que o pente-fino gere uma economia de mais de 6 bilhões de reais. 

A convocação será feita por carta com aviso de recebimento. Após o comunicado, o segurado terá cinco dias úteis para agendar a perícia pelo número 135. O beneficiário que não atender a convocação ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso. 

De Brasília, André Luiz Gomes

registrado em: ,