Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Fevereiro > Criança Feliz: multiplicadores são capacitados em todo o país

Criança Feliz: multiplicadores são capacitados em todo o país

publicado  em 13/02/2017 17h31

LOC: Os multiplicadores do Programa Criança Feliz começaram a ser capacitados em todo o país. Estes profissionais, indicados pelos estados, terão a missão de treinar e acompanhar o trabalho dos visitadores do programa./ Até o dia 23 de fevereiro eles vão aprender a metodologia que deverá ser utilizada pelos visitadores no apoio e estimulação das crianças que serão atendidas pelo Criança Feliz./ As capacitações dos multiplicadores estaduais acontecem ao mesmo tempo em sete regiões do país e reúnem representantes de todos os estados e do Distrito Federal./

 

O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, participou nesta segunda-feira da abertura da capacitação da região Centro Oeste, que ocorre em Brasília./ Ele destacou a importância da atenção aos primeiros mil dias de vida das crianças porque é nesta fase que ocorre o desenvolvimento das principais competências do ser humano./ Segundo Terra, crianças bem cuidadas e estimuladas chegarão mais preparadas à escola e terão mais chances de vencer a pobreza./

 

TEC SONORA MINISTRO OSMAR TERRA

O Bolsa Família em si, só por transferência de renda, ele não muda a realidade. Ele ajuda as pessoas a sobreviverem, mas não muda a realidade delas. Nós temos que ter programas como esses, como o Criança Feliz, que cuidando das crianças pequenas das famílias do Bolsa Família vai ajudar para que essas crianças tenham um futuro melhor, uma escolaridade melhor e ajudem as suas famílias a sair da pobreza. Essa é uma política pública nova, como a maioria das pessoas não tem informações sobre isso ainda. É importante que elas tenham. Ao ter essa informação, certamente elas vão se envolver muito mais no programa, vão entender melhor a importância dele para o futuro do país.

 

LOC: Para a multiplicadora Patrícia Kopp, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda do Distrito Federal, o programa contribuirá tanto para a melhoria de vida das crianças em situação de vulnerabilidade quanto para o fortalecimento do vínculo familiar.

TEC SONORA PATRÍCIA KOPP

O ganho é inestimável. É uma coisa que vai fortalecer a convivência dos pais com as crianças, a convivência comunitária e fortalecer esses vínculos e laços além dos estímulos que elas vão receber. No primeiro momento, um estímulo externo, vindo de uma pessoa que é um visitador, mas que vai ser continuado por meio do entendimento que os pais vão ter da importância dessas atividades com as crianças.

LOC: A analista de políticas da Secretaria Cidadã de Goiás, Vera Lúcia Rezende, que atua no Sistema Único de Assistência Social no estado, apontou que o Criança Feliz possibilitará uma maior integração entre diversas áreas do governo.

TEC SONORA VERA LÚCIA REZENDE

Esse programa ele vem para ajudar a fazer essa articulação e com a clareza melhor de como será feita esse trabalho. Eu penso que nosso trabalho aqui, como multiplicadores é fazer com que haja compreensão disso, dessa articulação, da assistência social, saúde, educação, de como melhor contribuir no desenvolvimento dessas crianças.

LOC: O programa do governo federal atenderá crianças do Bolsa Família até os três anos./ Já nas famílias que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o acompanhamento irá até os seis anos de idade./ O Criança Feliz reúne ações das áreas de saúde, educação, assistência social, justiça, cultura e lazer. No total, cerca de 4 milhões de crianças devem ser atendidas em todo o país até 2018.

Além de Brasília, São Paulo, Porto Velho, Belém, Teresina, Maceió e Curitiba estão promovendo capacitações de multiplicadores. Em março será a vez dos visitadores. No total, 2.529 municípios aderiram ao Criança Feliz em todo o país.

Reportagem, André Luiz Gomes.